BASF
Financeiro

Ex-presidente da Atvos acusa Odebrecht de fraude contra credores

De acordo com José Carlos Grubisich, a empresa realizou operações de rolagem de dívida com bancos


Folha de S. Paulo - 04 out 2019 - 07:21

Ex-alto executivo da Odebrecht, José Carlos Grubisich, acusa a empresa na Justiça de ter praticado fraude em operações financeiras prejudicando credores. De acordo com sua petição, a Odebrecht realizou procedimentos de rolagem de dívida com bancos, acrescentando e trocando garantias fracas por ações da Braskem, que são hoje o ativo mais valioso do grupo.

Diversos negócios, afirma o processo, foram feitos nos últimos três anos, quando a situação de insolvência já era pública.

Grubisich, que foi presidente de empresas do grupo como a petroquímica Braskem e a produtora de etanol Atvos, já cobra na Justiça uma dívida de dezenas de milhões da Odebrecht.

A petição foi protocolada pelos advogados Walfrido Warde Jr. e José Luiz Bayeux, no último dia 23.

Procurada, a Odebrecht diz que “nega, veementemente, que tenha incorrido na conduta alegada”. Internamente, na empresa, as ações movidas por Grubisich, foram recebidas com surpresa e até certa decepção, nas palavras de executivos que permaneceram na companhia.

No passado, Grubisich era um profissional de extrema confiança dos acionistas, que o consideravam bastante bem remunerado.

Joana Cunha
Com reportagem adicional de Filipe Oliveira e Mariana Grazini