Financeiro

Com crescimento de 103,5% no lucro, usina Ferrari tem segundo ano com saldo positivo

Companhia melhorou desempenho financeiro e apresentou um resultado líquido de R$ 36,99 milhões na safra 2020/21


NovaCana - 31 ago 2021 - 08:20

Em uma temporada marcada por bons preços de açúcar e etanol, a Ferrari Agroindústria registrou sua segunda safra seguida de lucro líquido, com R$ 36,99 milhões, após duas temporadas consecutivas de prejuízo. A companhia controla uma usina em Pirassununga (SP) e, em janeiro, recebeu aval para a compra da São Luís, da Abengoa, em conjunto com o grupo Vale do Verdão.

De acordo com a empresa, sua unidade processou 3,4 milhões de toneladas de cana e produziu 159 milhões de litros de etanol ao longo da safra 2020/21.

Com isso, a usina obteve um crescimento de 103,5% ante o resultado de R$ 18,177 milhões do período anterior. Este é o melhor desempenho da Ferrari em quatro anos, ficando atrás do lucro de R$ 58,42 milhões visto em 2016/17.

Logo após o encerramento do período, a usina Ferrari anunciou a emissão de um título verde estruturado de acordo com os critérios de bioenergia do Green Bond Principals. A captação de R$ 80 milhões envolve Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRAs) e terá um prazo de cinco anos, com dezoito meses de carência. O objetivo da empresa é financiar as atividades de produção de etanol.

Confira na reportagem completa, exclusiva para assinantes:

- Resultados líquidos anuais da Ferrari Agroindústria
- Relação entre receitas e custos
- Lucro bruto dos últimos anos
- Dívida atual da empresa
- Balanço financeiro: receitas, despesas e impacto do câmbio


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

Card image


x