Financeiro

Cerradinho Bioenergia pretende emitir R$ 60 milhões em debêntures


Valor Econômico - 14 fev 2014 - 08:07

A Cerradinho Bioenergia, empresa que detém uma usina de cana-de-açúcar em Chapadão do Céu (GO), pretende emitir R$ 60 milhões em debêntures não conversíveis em ações. A empresa, controlada pela holding Cerradinho Participações, deve usar como garantia para a operação contratos de venda de etanol com a Petrobras Distribuidora.

A operação deve ser concluída ainda neste mês e os recursos vão reforçar o capital de giro da empresa, segundo o conselheiro da companhia, João Nogueira Batista.

A Cerradinho Bioenergia contratou o BTG Pactual para coordenar a emissão restrita das debêntures. "Trata-se da primeira operação no mercado de capitais feita pela Cerradinho Bioenergia. É o início da mudança do padrão de financiamento da empresa", diz Batista.

A decisão foi autorizada pelo conselho de administração da empresa em reunião realizada no dia 14 de janeiro deste ano, conforme ata publicada no Diário Oficial de São Paulo, assinada pelo presidente da companhia, Luciano Sanches. A emissão terá distribuição pública, com esforços restritos de colocação.

Segundo condições aprovadas pelo conselho da Cerradinho, os papéis serão remunerados a 100% da variação acumulada das taxas médias diárias dos Depósitos Interfinanceiros (DI), acrescidos de sobretaxa (spread) de 3% ao ano, base 252 dias úteis.

As debêntures serão amortizadas em 23 parcelas mensais e iguais a partir do 6º mês, contado da data de emissão. A remuneração será paga mensalmente, a partir do mês seguinte à emissão, sendo a última parcela da remuneração devida na data de vencimento das debêntures.

Nesta safra 2013/14, a usina da companhia, localizada em Chapadão do Céu (GO), processou 4 milhões de toneladas de cana-de-açúcar. Na temporada que será encerrada em 31 de março, a empresa deve informar ao mercado uma receita bruta de R$ 510 milhões, um lucro operacional (Ebitda) de R$ 170 milhões e uma margem operacional de 35%. O endividamento líquido da companhia é de aproximadamente R$ 300 milhões.

Fabiana Batista


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail