BASF
Financeiro

BTG Pactual estima melhora nos resultados de São Martinho e Cosan durante a entressafra

Banco de investimentos projetou lucro líquido, receita líquida, Ebitda e margens das companhias referentes ao período de janeiro a março


novaCana.com - 23 abr 2019 - 09:35

Na temporada 2018/19, diversas usinas entraram na entressafra com um grande volume de etanol armazenado – em 1º de janeiro, os estoques de hidratado estavam 57,8% maiores na comparação anual. Com as vendas do biocombustível aquecidas, a expectativa do mercado é que os resultados das unidades para o período de janeiro a março deste ano venham acompanhados por uma elevação nas receitas e, consequentemente, nos lucros.

O BTG Pactual compartilha deste otimismo. Em sua prévia de resultados referentes ao primeiro trimestre de 2019, o banco projetou os rendimentos da Cosan, empresa controladora da Raízen, e da sucroenergética São Martinho, com previsão de crescimento para ambas na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Em relação à Cosan, a expectativa é um resultado líquido de R$ 774,69 milhões. O valor está 123,9% acima do que foi registrado no mesmo período do ano anterior, além de também superar o consenso de mercado divulgado pela Bloomberg.

Para a São Martinho, por sua vez, a estimativa do BTG para o período de entressafra é um lucro de R$ 158,05 milhões – um crescimento de 3,07% na comparação com o mesmo período da safra 2017/18.

Leia mais:

- Projeções de receita líquida, Ebitda, margem Ebitda e margem líquida para Cosan e São Martinhos
- Comparativos com os resultados do primeiro e do quarto trimestre de 2018
- Estimativas completas do consenso de mercado

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar

ou