BASF
Financeiro

Bancos credores da Atvos, da Odebrecht, voltam a se reunir nesta terça-feira


Agência Estado - 11 jun 2019 - 06:45

Os bancos credores da Atvos, braço sucroenergético da Odebrecht, irão se reunir novamente hoje (11) para discutir garantias prestadas pelo grupo para empréstimos direcionados à Atvos.

Um rito para execução dessas garantias já foi iniciado na semana passada, mas, por enquanto, trata-se de um movimento sem efeito prático. A Caixa liderou a iniciativa, sinalizando que executaria as garantias que tem junto à holding se não tiver direito, assim como outros bancos credores, às ações da Braskem.

Da dívida total da Atvos apresentada à Justiça – de R$ 12 bilhões –, o BNDES e o Banco do Brasil têm, juntos, R$ 7,95 bilhões. A Caixa aparece com R$ 500 milhões e o Votorantim, R$ 80 milhões. O Bradesco é citado com cerca de R$ 250 milhões e o Itaú Unibanco, com R$ 106 milhões.

Procurados, Atvos e Caixa não comentaram.