Financeiro

Alcopar (PR) elabora proposta para rolagem de dívida do setor sucroenergético


Agência Estado - 02 set 2015 - 16:02

A Associação dos Produtores de Bioenergia do Estado do Paraná (Alcopar) elaborou uma proposta para que as usinas locais possam sanar suas dívidas. Em entrevista ao Broadcast, o presidente da entidade, Miguel Rubens Tranin, explicou que a ideia é rolar 50% do endividamento que vence entre 2015 e 2017 para pagamento entre 2018 e 2020. "Já conversamos com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e esperamos ter uma reunião em breve com a Febraban (Federação Brasileira de Bancos)", disse.

De acordo com Tranin, a estratégia por trás de rolar as dívidas está nas perspectivas favoráveis ao setor sucroenergético. "As projeções para (os preços do) açúcar e os investimentos em cogeração devem colocar o setor em um patamar para pagamento", destacou.

Ainda segundo o presidente da Alcopar, embora a proposta tenha sido direcionada às unidades produtoras do Paraná, ela também valeria em âmbito nacional. Conforme cálculos recentes do Itaú BBA, só as usinas do Centro-Sul do País, região responsável por 90% de toda safra de cana, possuem dívidas que ultrapassam os R$ 50 bilhões.

Com mais de 30 usinas, o Paraná é o quinto maior produtor de cana. Na temporada 2014/15, encerrada em 31 de março, foram 43,1 milhões de toneladas, volume que deve ir a 45,7 milhões de toneladas no ciclo atual, de acordo com projeções da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

José Roberto Gomes


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail