PUBLICIDADE
BN novacana 1300x150
Financeiro

Ação da Cosan está mais doce do que açúcar; Itaú BBA projeta alta de 38%


Money Times - 28 mai 2021 - 08:39

A Cosan deverá surfar na alta das commodities, principalmente do açúcar e do etanol, aponta o Itaú BBA em relatório obtido pelo Money Times.

A corretora aproveitou o momento para revisar o preço-alvo da companhia para R$ 30, o que implica potencial de alta de 38% em relação ao último fechamento. A recomendação é de compra.

De acordo com o Itaú, mesmo que a Cosan tenha diversificado seu portfólio, afastando-se do negócio do açúcar e do etanol, ele ainda é um importante fator de crescimento, e que está pronto para gerar um valor significativo, em virtude do cenário macro favorável para as commodities no mundo.

“Juntamente com as tendências animadoras da Raízen Energia, os outros empreendimentos da Cosan também vêm experimentando condições favoráveis e benéficas, auxiliadas por oportunidades tanto orgânicas quanto inorgânicas”, afirma.

Além disso, os analistas atualizaram a previsão para refletir a reestruturação corporativa da Cosan e a aquisição da Biosev.

Para a Rumo, a recomendação é de outperform (acima da média do mercado), com um novo valor justo para o final de 2021 de R$ 27, potencial de alta de 29%.

Renan Dantas


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
Card image


x