Política

GT fará propostas para uma agropecuária com compromisso socioambiental, diz Gussi


Agência Estado - 18 nov 2022 - 07:52

A agricultura e a pecuária sustentáveis serão temas prioritários dentro das discussões do grupo temático (GT) de agricultura, pecuária e abastecimento para transição do governo federal, afirmou, em nota, o presidente da presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar e Bioenergia (Unica), Evandro Gussi.

O CEO da Unica foi anunciado na quarta-feira, 16, pelo vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin, como um dos integrantes do GT. “Agradeço ao vice-presidente eleito e coordenador da equipe de transição, Geraldo Alckmin, pelo convite e pela confiança ao me indicar para esse grupo”, disse ele no comunicado.

Para Gussi, há um “consenso entre ambientalistas e produtores rurais” de que a atividade agropecuária deve ser marcada “por altíssimo compromisso socioambiental”, algo que deve ser explorado pelo GT.

“Penso que o papel dessa equipe seja justamente construir um espaço de diálogo e de reflexão que contemple todas as dimensões dessa cadeia – econômica, social e ambiental – de modo a oferecer ao novo governo propostas que permitam a consolidação e o avanço dessa agenda”, afirmou ele, em nota.

Gussi participou de painéis na 27ª Conferência sobre Mudanças Climáticas das Nações Unidas (COP27), no Egito.

Além do presidente da Unica, o GT de agricultura, pecuária e abastecimento do futuro governo conta também com o ex-ministro e deputado federal Neri Geller (PP-MT), o senador Carlos Fávaro (PSD-MT), a ex-ministra e senadora Kátia Abreu (PP-TO), o ex-ministro Luiz Carlos Guedes, o ex-deputado federal Joe Valle (DF), o ex-diretor presidente da Embrapa Silvio Crestana, e a ex-diretora-executiva da Embrapa Tatiana Deane de Abreu Sá.

Gabriela Brumatti


PUBLICIDADE BASF_NOV_INTERNAS BASF_NOV_INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x