PUBLICIDADE
BN novacana 1300x150
Política

Comitê da Petrobras se reúne na sexta para analisar indicação de Caio Paes de Andrade

Documentos foram recebidos na tarde desta terça-feira, 21, segundo a companhia; executivo deve substituir José Mauro Coelho, que pediu demissão na segunda-feira


G1 - 22 jun 2022 - 15:55

A Petrobras informou que o Comitê de Elegibilidade da companhia vai se reunir na sexta-feira, 24, para analisar a indicação de Caio Paes de Andrade para a presidência da estatal. Segundo a Petrobras, os documentos necessários para analisar a indicação do executivo foram recebidos “na parte da tarde” da terça-feira, 21.

Paes de Andrade foi indicado ao cargo há um mês, mas a troca tem esbarrado nos trâmites legais definidos para a substituição. O indicado para a chefiar a estatal é o atual secretário de desburocratização do Ministério da Economia.

Na segunda-feira, José Mauro Coelho pediu demissão e deixou a presidência e o conselho de administração da Petrobras. Mauro Coelho passou a ser pressionado pelo governo após novo reajuste de preços do diesel e da gasolina.

De olho na reeleição, o presidente Jair Bolsonaro tem criticado os reajustes de preços dos combustíveis realizados pela estatal. Bolsonaro chegou a chamar de “estupro” o lucro da estatal.

Até a conclusão da análise da indicação de Paes de Andrade, a Petrobras escolheu o diretor executivo de exploração e produção da companhia, Fernando Borges, como presidente interino.

Nomes indicados para o conselho

O Ministério de Minas e Energia retificou também nesta terça-feira a lista de indicados da União para compor o conselho de administração da Petrobras.

A pasta retirou da relação os nomes dos candidatos indicados por acionistas minoritários, José João Abdalla Filho e Marcelo Gasparino da Silva, que constavam na primeira versão da lista.

Permanecem as demais indicações propostas anteriormente pelo governo, acionista controlador da estatal, com Gileno Gurjão Barreto apontado como presidente do conselho e Caio Mario Paes de Andrade como presidente executivo da companhia.

Na sexta-feira passada, a Petrobras havia divulgado a indicação de Abdalla e Gasparino pelos acionistas minoritários e anunciado que os minoritários solicitaram a adoção do sistema do voto múltiplo na eleição dos conselheiros na assembleia-geral extraordinária que será convocada.


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
Card image


x