Política

Câmara dos Deputados discute a alta no preço dos combustíveis

De janeiro a setembro deste ano, os preços de revenda registraram aumentos de 28% no diesel, 32% na gasolina e 27% no GLP


Exame - 21 out 2021 - 08:02

A Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados discute, nesta quinta-feira, 21, a partir das 9 horas, a alta no preço dos combustíveis. Participam do debate representantes do Ministério da Economia e da Petrobras. O objetivo é tentar pensar em alternativas para fazer o valor diminuir, e entender qual o impacto dos impostos no preço cobrado nas bombas.

De janeiro a setembro deste ano, os preços de revenda registraram aumentos, em média, de 28% no diesel, 32% na gasolina e 27% no GLP (gás de cozinha), segundo o Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (Ineep).

A perspectiva é de manutenção dessa tendência de alta devido às flutuações no preço internacional do barril de petróleo. O deputado Felipe Carreras (PSB-PE), que propôs a realização da audiência, lembra que esses aumentos são incorporados nos preços de todos os produtos.

“Muito se tem discutido sobre de quem seria a culpa deste aumento, mas uma coisa é fato, o custo tributário é uma fatia importante da composição do preço que chega ao consumidor final”, afirma o parlamentar.

Carreras quer que o Ministério da Economia explique que medidas podem ser adotadas para a mitigação desse custo. Representando a pasta estará Bruno Negris, diretor de programa na Secretaria Especial do Tesouro e Orçamento, do Ministério da Economia, e Conselho Nacional de Política Fazendária.

Com informações da Agência Câmara