Etanol: Mercado: Regulação

ANP aprova especificação para o diesel verde


BiodieselBR - 14 mai 2021 - 07:51

O biodiesel já não é mais a única alternativa renovável ao diesel de petróleo no Brasil. Na tarde dessa quinta-feira, 13, a diretoria colegiada da ANP aprovou a resolução que irá definir a especificação técnica e as regras de controle da qualidade do diesel verde no mercado nacional. O texto foi aprovado por unanimidade pelos diretores da agência regulatória.

Os debates em torno da introdução do diesel verde no mercado brasileiro começaram há mais de um ano. A consulta pública havia sido aberta pela ANP em meados de março de 2020, mas o processo acabou atropelado pela chegada da covid-19 ao Brasil. Em função da pandemia, a agência precisou paralisar as consultas em aberto. Com isso, a audiência só pôde ser realizada em setembro passado.

Segundo a especialista em regulação da ANP que faz a explicação técnica para a diretoria, Lorena Mendes de Souza, embora o diesel verde ainda não tenha produção nacional, a tecnologia já é uma realidade consolidada em outras partes do globo com plantas espalhadas pela Europa e Estados Unidos.

De acordo com ela, trata-se de um produto que pode ser fabricado a partir de diferentes matérias-primas e rotas produtivas, todas elas, contudo, geram hidrocarbonetos parafínicos quimicamente indistinguíveis do diesel fóssil. “Nas moléculas do biodiesel temos a presença de oxigênio que explicam suas características peculiares. Os dois biocombustíveis são estruturalmente distintos, não tem como colocar o diesel verde como um tipo de biodiesel”, explicou.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR


Tags: ANP Diesel

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail



x