BASF
Etanol: Preços

Preços nos postos: Competitividade do etanol está por um fio

Ainda que mantenha relação de paridade, valor do etanol nas bombas se aproxima do limite de 70% do preço da gasolina na média nacional e em São Paulo


novaCana.com - 30 out 2017 - 10:59

paridade 01 mini tabela 22.10a28.10

Os destaques sobre o preço do etanol na semana de 22 a 28 de outubro:

  1. O preço do etanol caiu em 17 estados e subiu em oito e no Distrito Federal

  2. Valor da gasolina nas bombas subiu em 14 estados e caiu em 11 e no Distrito Federal

  3. Na média nacional, o preço do biocombustível correspondeu a 69,1% do valor da gasolina

  4. O preço do etanol hidratado nas bombas continua vantajoso em São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso



O etanol vivenciou uma perda de competitividade nos postos brasileiros durante a última semana. Na média nacional, o aumento do preço do biocombustível foi de 0,63%, enquanto a gasolina teve uma queda de 0,20%.

De acordo com levantamento semanal realizado pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), entre 22 e 28 de agosto, o preço de comercialização do etanol passou de R$2,664/l para R$ 2,681. Já a gasolina foi de R$ 3,886/l para R$ 3,878/l.

Com essas variações, o renovável de cana perdeu competitividade, passando a custar o equivalente a 69,1% do valor cobrado pelo combustível fóssil. Considerando a paridade energética comercialmente estabelecida em 70%, no entanto, o etanol ainda permanece na faixa de vantagem em relação a seu principal concorrente.

paridade 02 percentual estados 22.10a28.10

Etanol ou gasolina?

Apesar da média nacional manter o cenário de competitividade favorável para o etanol, apenas quatro estados mantém uma relação de preços efetivamente vantajosa para o combustível renovável. São eles: São Paulo, Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais.

Na última semana, o preço do etanol caiu em 17 estados e subiu em oito unidades da federação e no Distrito Federal. Por sua vez, a gasolina subiu em 14 estados e caiu em 11 e no Distrito Federal. A ANP não divulgou os valores referentes ao Amapá.

Em detalhes

Gráficos avançados e filtros interativos sobre o comportamento dos preços estão disponíveis aqui (exclusivo assinantes).

O evolutivo dos preços de todos os estados desde 2001 pode ser acessado aqui.

paridade 03 comparativo estados 22.10a28.10

São Paulo

No maior estado produtor de cana-de-açúcar do país, o preço do etanol aumentou 0,68% e o biocombustível foi comercializado nos postos a R$ 2,506/l. Ao mesmo tempo, a gasolina teve uma redução de 0,49%, com o litro do combustível fóssil sendo a vendido em média a R$ 3,674/l.

Dessa maneira, São Paulo registrou uma queda na competitividade e a relação de preços foi de 67,4% para 68,2%, aproximando-se do limite comercial de 70% que caracteriza a vantagem do biocombustível.

Mato Grosso

Em Mato Grosso, por sua vez, o etanol subiu 1,88% e chegou a R$ 2,442/l. Já a gasolina também teve uma elevação no período, ainda que em um ritmo menor (0,58%), e passou a ser comercializada, em média, a R$ 4,001/l. Dessa forma, o preço do etanol foi equivalente 61% do valor do combustível fóssil.

Assim, o estado, que possui o etanol mais barato do país, também é onde o biocombustível encontra uma maior competitividade nas bombas.

Goiás

Em Goiás, tanto o etanol quanto a gasolina registraram alta nos postos. O biocombustível teve uma elevação de 2,82% e foi comercializado a R$ 2,951/l, enquanto a gasolina subiu 3,35% e foi para R$ 4,318/l.

Com isso, na última semana, o estado conseguiu registrar uma queda em sua relação de paridade entre os preços dos biocombustíveis, que foi de 68,7% para 68,3%. Isso implica em um crescimento da competitividade do etanol nos postos.

Minas Gerais

No período, apesar de ter registrado aumento nos preços e perda na competitividade do etanol, Minas Gerais se manteve como o segundo estado onde o biocombustível é mais vantajoso. A relação de preços foi de 67,8% ante 67,1% na semana anterior.

No estado, o preço do etanol subiu 1,85%, com o biocombustível sendo comercializado nos postos a R$ 2,702. Já a gasolina teve um aumento de 0,81% e foi vendida, em média, a R$ 3,987.

paridade 04 tabela completa 22.10a28.10

Os preços do etanol e da gasolina por região, estado ou cidade desde 2001 estão disponíveis na planilha interativa (exclusivo para assinantes).

novaCana.com