BASF
Etanol: Preços

Etanol registra alta maior que a da gasolina e perde competitividade nos postos


novaCana.com - 18 set 2017 - 11:55

paridade 01 mini tabela 10.09a16.09

Os destaques sobre o preço do etanol na semana de 10 a 16 de setembro:

  1. Valor do renovável de cana subiu em 14 estados e no DF, recuou em oito e ficou estável em dois

  2. O preço médio do etanol nas bombas terminou a semana com alta de 0,76%, enquanto o da gasolina subiu 0,57%

  3. Preço do etanol hidratado nacional correspondeu, na média, a 68% do valor da gasolina

  4. Permaneceu vantajoso consumir etanol hidratado em São Paulo, no Mato Grosso, em Goiás e em Minas Gerais



Entre os dias 10 e 16 de setembro, a variação dos preços do etanol hidratado ao consumidor resultou em uma leve perda na competitividade para o combustível renovável em relação à gasolina.

De acordo com o levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), na média nacional, o índice que estabelece a relação de preços entre o etanol e o combustível fóssil fechou a semana em 68% (frente a uma relação de 67,8% na semana anterior).

paridade 02 percentual estados 10.09a16.09

Sobe e desce

O resultado é derivado do aumento nos preços do biocombustível de cana-de-açúcar nos postos de 14 estados e do Distrito Federal. Na última semana, os valores cobrados pelo litro do etanol recuaram em outros oito estados, além de permanecerem estáveis em São Paulo e no Pará.

Com isso, o preço do etanol nas bombas terminou a semana com uma alta de 0,76%. O valor médio por litro passou de R$ 2,612 na semana anterior para R$ 2,632.

Já o valor da gasolina ao consumidor final aumentou em doze estados e no DF e recuou em outros doze estados. Segundo a ANP, na média, ele passou de R$ 3,85 para R$ 3,872 – um aumento de 0,57%.

No período, a Petrobras realizou reajustes para baixo no preço da gasolina para as refinarias, que haviam subido em uma reação à alta internacional no preço do petróleo. Isso, contudo, não conseguiu frear o aumento nos postos.

A ANP não divulgou os preços dos combustíveis de dois estados: Roraima e Amapá.

Em detalhe

Gráficos avançados e filtros interativos sobre o comportamento dos preços estão disponíveis aqui (exclusivo assinantes).

O evolutivo dos preços de todos os estados desde 2001 pode ser acessado aqui.

paridade 03 comparativo estados 10.09a16.09

Estados: forte alta nos preços do etanol

Na última semana, permaneceu vantajoso consumir etanol hidratado em São Paulo, no Mato Grosso, em Goiás e em Minas Gerais. No entanto, alguns desses estados apresentaram forte alta nos preços do renovável de cana, resultando em perdas significativas na competitividade.

São Paulo

No estado, o preço do etanol permaneceu estável enquanto o valor da gasolina recuou 0,06%, fazendo com que a relação de preços ficasse em 67,6%. Entre os dias 10 e 16 de setembro, na média, o litro do etanol foi negociado a R$ 2,443 e o da gasolina a R$ 3,612.

Mato Grosso

O estado onde o etanol possui mais competitividade no momento foi também o que viu a maior alta no preço do renovável – uma valorização de 8,76% nas bombas de combustíveis. No mesmo período, a gasolina aumentou 3,96%.

Dessa maneira, o renovável correspondeu a 62,1% do valor de comercialização da gasolina (na última semana a relação de preços estava em 59,3%).

Goiás

Goiás apresentou alta de 5,28% no preço do renovável no país na última semana, que custou, em média, R$ 2,754 por litro. No período, o preço da gasolina também subiu nos postos goianos, com o litro sendo vendido a R$ 3,993 (2,23%).

Com isso, o etanol corresponde a 69% do preço de venda da gasolina, frente a 67% na semana anterior, caracterizando uma perda de competitividade.

Minas Gerais

O estado viu um aumento de 2,43% no valor do renovável de cana, enquanto a gasolina aumentou 1%. Assim, o etanol correspondeu a 68,1% do preço da gasolina em Minas Gerais na última semana. No período anterior, a relação era de 67,1%.

De 10 a 16 de setembro, o litro do etanol foi comercializado nos postos de Minas Gerais por R$ 2,694, em média. Já a gasolina custou R$ 3,958 por litro.

paridade 04 tabela completa 10.09a16.09

Os preços do etanol e da gasolina por região, estado ou cidade desde 2001 estão disponíveis na planilha interativa (exclusivo para assinantes).

Usinas

O preço do etanol hidratado nas usinas paulistas caiu 0,55% de acordo com o indicador divulgado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq).

Já nas usinas do Mato Grosso houve valorização de 0,62% na cotação do etanol hidratado, enquanto as usinas de Goiás registraram alta de 0,60% nos preços do renovável.

novaCana.com