BASF
Etanol: Preços

Preço nos postos: Etanol perde competitividade em São Paulo e na média nacional


novaCana.com - 18 dez 2017 - 12:08

paridade 01 mini tabela 10.12a16.12

Os destaques sobre o preço do etanol na semana de 10 a 16 de dezembro:

  1. O preço do etanol de cana nos postos aumentou em 14 estados e no DF e recuou em outros dez

  2. O preço do biocombustível valorizou 0,88% e o preço médio por litro da gasolina ficou estável

  3. Nas médias nacionais, o preço do etanol correspondeu a 70,4% do valor de comercialização da gasolina

  4. Na última semana, o etanol hidratado deixou de ser vantajoso para o consumo no estado de São Paulo

  5. É vantajoso consumir o biocombustível de cana apenas em Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais

  6. Usinas de etanol acumulam altas na cotação do bicombustível de cana; valorização é de 20% em São Paulo e 25% em Goiás



Na segunda semana do mês de dezembro, o etanol hidratado, que é usado diretamente no tanque dos veículos, perdeu competitividade em relação à gasolina nos postos do país. O resultado é consequência de uma relativa estabilidade do preço da gasolina nas médias nacionais e de um aumento maior do valor de comercialização da gasolina.

Além disso, entre 10 a 16 de dezembro, a maior parte dos estados brasileiros registrou alta dos preços nos postos dos biocombustíveis em relação ao período anterior. Os dados são da pesquisa semanal realizada pela Agência Nacional de Petróleo e Biocombustíveis (ANP).

Ao todo, o preço do etanol de cana aumentou em 14 estados e no Distrito Federal (DF) e recuou em outros dez. O valor do etanol nas bombas ainda ficou estável no Amazonas e no Amapá. No mesmo período, o preço da gasolina aumentou em 11 estados e caiu em outros 15 e no DF.

Nas médias nacionais, o preço do biocombustível passou de R$ 2,827 para R$ 2,852 por litro na última semana – uma valorização de 0,88%. Já o valor médio por litro da gasolina ficou praticamente igual, passando de R$ 4,052 para R$ 4,053.

Dessa maneira, o preço do etanol correspondeu a 70,4% do valor de comercialização da gasolina (frente a uma relação de 69,8% na semana anterior).

paridade 02 percentual estados 10.12a16.12

Estados

Na última semana, o etanol hidratado deixou de ser vantajoso para o consumo no estado de São Paulo. Agora, o biocombustível de cana é competitivo em relação à gasolina apenas no Mato Grosso, em Goiás e em Minas Gerais.

São Paulo

O preço do biocombustível de cana no maior estado produtor e consumidor do país atingiu uma relação de 70,5% sobre o valor de comercialização da gasolina na última semana. No período anterior, o indicador foi de 70%.

Em São Paulo, o valor etanol hidratado aumentou 0,77% e foi o litro vendido a R$ 2,734 nos postos. No mesmo período, o preço da gasolina experimentou um crescimento de apenas 0,05%, chegando a um preço de comercialização de R$ 3,878 por litro.

Em detalhes

Gráficos avançados e filtros interativos sobre o comportamento dos preços estão disponíveis aqui (exclusivo assinantes).

O evolutivo dos preços de todos os estados desde 2001 pode ser acessado aqui.

paridade 03 comparativo estados 10.12a16.12

Mato Grosso

O Mato Grosso é o estado onde o etanol hidratado apresenta a maior vantagem para o consumidor, com o valor do renovável correspondendo a 57,9% do preço da gasolina. O número representa avanço na competitividade do etanol, já que o indicar na semana anterior era de 58,3%.

Na última semana, a queda nos preços do biocombustível de cana nos postos mato-grossenses foi de 0,84%, resultando em valores marcados na bomba de R$ 2,370/l. Já a gasolina recuou 0,27% no estado e foi vendida a R$ 4,091/l.

Minas Gerais

No estado mineiro, o renovável de cana valorizou mais do que o combustível fóssil nas bombas de combustíveis.

Na última semana, o etanol hidratado valorizou 2,27% nos postos do estado e foi comercializado a R$ 2,888/l em média. Já a gasolina valorizou 1%, chegando a um preço de R$ 4,135/l. Com o maior aumento dos preços do etanol, a relação entre os dois combustíveis variou de 69% para 69,8%

Goiás

Na última semana, o etanol vendido no estado de Goiás apresentou uma relação de preços de 65,5% com a gasolina, frente à 63,2% no período anterior. O preço de comercialização médio para o etanol foi de R$ 2,858/l no estado (valorização de 1,64%), enquanto o valor da gasolina foi de R$ 4,366/l (queda de 1,87%).

paridade 04 tabela completa 10.12a16.12

Os preços do etanol e da gasolina por região, estado ou cidade desde 2001 estão disponíveis na planilha interativa (exclusivo para assinantes).

Usinas

O preço do etanol hidratado nas unidades de produção paulistas subiu 0,75% na última semana, de acordo com o indicador divulgado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq).

Nas usinas de São Paulo, desde setembro não há recuo na cotação do etanol hidratado. A partir da semana de 16 de setembro, quando registrou a última queda, o preço do biocombustível nas usinas registrou 13 semanas de alta e um total de 20% de valorização.

No Mato Grosso, a alta na cotação do etanol hidratado começou há sete semanas, no período encerrado em 4 de novembro. Desde então, o preço do biocombustível já aumentou 8,64% nas usinas do estado. Apenas na última semana, a valorização foi de 1,30%.

Em Goiás, o preço do etanol nas usinas aumentou 1,67% na última semana. No estado, já são 15 semanas de alta na cotação do hidratado e uma valorização acumulada de 25,58%.

novaCana.com