BASF
Etanol: Preços

Preço nos postos: Etanol tem pequena valorização frente à gasolina


novaCana.com - 07 nov 2017 - 12:19

paridade 01 mini tabela 29.10a04.11

Os destaques sobre o preço do etanol na semana de 29 de outubro a 4 de novembro:

  1. Os preços do etanol recuaram em 16 estados e subiram em nove e no DF

  2. Na última semana, o preço do etanol hidratado valorizou 0,37%, enquanto o valor da gasolina ficou estável

  3. Com a variação de preços, o preço do etanol hidratado recuou em competitividade e correspondeu a 69,3% do valor do combustível fóssil

  4. A cotação do etanol hidratado nas usinas paulistas e goianas apresenta nova alta



Na semana de 29 de outubro a 4 de novembro, os preços do etanol cobrados nas bombas de combustíveis do país recuaram em 16 estados. Apenas nove unidades da federação e o Distrito Federal (DF) registraram alta nos preços do biocombustível.

No período, o preço da gasolina caiu em 14 estados e aumentou em outros onze e no DF. Os números foram divulgados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Os indicadores referentes aos preços no Amapá não estão sendo divulgados pela agência.

paridade 02 percentual estados 29.10a04.11

Etanol ou gasolina?

Nas médias nacionais, o sobe e desce dos preços nos estados se refletiu em aumento percentual do etanol hidratado, enquanto o preço médio da gasolina permaneceu estável. O preço do biocombustível passou de R$ 2,680 para R$ 2,690 por litro na última semana – uma valorização de 0,37%. Já o valor médio por litro da gasolina permaneceu em R$ 3,88 no período analisado.

Como resultado da variação, o etanol hidratado correspondeu a 69,3% do valor da gasolina nas médias nacionais, o que representa um leve recuo na competitividade do renovável. Na semana anterior, o indicador de preço estava em 69,1%.

Estados

Na última semana, permaneceu vantajoso consumidor etanol hidratado em São Paulo, Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais.

Em detalhes

Gráficos avançados e filtros interativos sobre o comportamento dos preços estão disponíveis aqui (exclusivo assinantes).

O evolutivo dos preços de todos os estados desde 2001 pode ser acessado aqui.

paridade 03 comparativo estados 29.10a04.11

São Paulo

No estado, o preço do etanol aumentou 0,84% e o litro foi comercializado, em média, a R$ 2,527. O valor de venda da gasolina registrou menor valorização, de 0,35%, sendo que o combustível foi comercializado nos postos do estado a R$ 3,687/l em média.

Dessa maneira, a relação de preços em São Paulo passou de 68,2% para 68,5%, acompanhando o leve arrefecimento na competitividade do renovável experimentado também na média nacional.

Mato Grosso

O estado continua sendo o lugar onde hoje é mais vantajoso consumir etanol no país. O preço do renovável nos postos mato-grossenses correspondeu na última semana a 60,2% do valor de comercialização da gasolina (frente a 61% na semana anterior).

O resultado é reflexo de um recuo de 2,33% no preço do biocombustível de cana nos postos, vendido a R$ 2,385/l, frente a uma desvalorização de apenas 0,90% no preço da gasolina, comercializada a R$ 3,965/l.

Goiás

Os postos do estado de Goiás viram uma queda de 2,61% no preço do renovável na última semana, que foi comercializado a R$ 2,874/l. O preço da gasolina, por sua vez, chegou a R$ 4,188/l – valor 3,01% menor do que na semana anterior.

Com a variação, houve uma perda de competitividade e o etanol correspondeu a 68,6% do preço de venda da gasolina, frente a uma relação de 68,3% na semana anterior.

Minas Gerais

Em Minas Gerais, o etanol hidratado registrou alta de 1,41%, enquanto o preço da gasolina no estado recuou 0,38%. Dessa maneira, o preço de comercialização do renovável nos postos mineiros foi de R$ 2,740/l na última semana. Ele correspondeu a 69% do valor de venda da gasolina, que foi de R$ 3,972/l no período.

paridade 04 tabela completa 29.10a04.11

Os preços do etanol e da gasolina por região, estado ou cidade desde 2001 estão disponíveis na planilha interativa (exclusivo para assinantes).

Usinas

A cotação do etanol hidratado nas usinas paulistas continua em alta. Com a antecipação das compras para abastecimento no feriado de Finados e menos dias de negociação, o volume de etanol comercializado na última semana foi menor que o negociado em semanas anteriores, o que elevou as cotações. De acordo com o Cepea, o menor número de usinas presentes no mercado spot (ofertando preços maiores) também impulsionou os valores.

Nas usinas paulistas, a valorização do etanol hidrato foi de 1,07% na última semana – o sétimo período consecutivo de alta. Em sete semanas, o biocombustível experimentou uma valorização de mais de 10% no estado. Vale registrar que, desde julho, o etanol não apresenta quedas significativas na sua cotação e vem demonstrando tendência de alta em São Paulo.

As usinas do Mato Grosso, que já vinham registrando quatro semanas de quedas nos preços, registraram alta de 0,53% na cotação do etanol hidratado na última semana.

Já em Goiás, como em São Paulo, as usinas vêm registrando consecutivas altas nos prelos do etanol hidratado. Já são nove semanas de alta, acumulando uma valorização de mais de 15%. Na última semana, a alta foi de 0,44%.

Marina Gallucci – novaCana.com