Etanol: Preços

Preço da gasolina cai mais 1,4% e já fica abaixo de R$ 5, diz ANP; etanol caiu 2,8%

Declínio acelerado preocupa setor sucroenergético da região Norte-Nordeste


Folha de S. Paulo - 19 set 2022 - 05:35 - Última atualização em: 21 set 2022 - 09:59

O preço médio da gasolina caiu mais 1,4% nos postos brasileiros, rompendo a barreira dos R$ 5 pela primeira vez desde julho de 2020, em valores corrigidos pelo IPCA. Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), o combustível saiu, em média, a R$ 4,97 por litro nesta semana.

O valor é 32,7%, ou R$ 2,42, inferior ao pico de R$ 7,39 por litro verificado no fim de junho, antes dos cortes de impostos estaduais e federais aprovados pelo Congresso. A queda teve forte impacto também de reduções nos preços praticados pela Petrobras.

preco postos 180922

Esta foi a 12ª semana consecutiva de queda. A ANP detectou a gasolina mais barata do Brasil em Anápolis (GO), a R$ 4,17 por litro. A mais cara foi encontrada em São Paulo, a R$ 6,99 por litro. Segundo a agência 12 estados e o Distrito Federal têm hoje preço médio da gasolina abaixo de R$ 5.

Por sua vez, o preço do etanol caiu 2,8% nesta semana, para R$ 3,43 por litro. O produto também foi beneficiado por cortes de impostos federais e estaduais e já pode ser encontrado abaixo de R$ 3 em quatro estados: Mato Grosso, São Paulo, Goiás e Minas Gerais.

paridade 03 comparativo estados 11.09a17.09

O cenário preocupa produtores de cana-de-açúcar da região Nordeste, que veem prejuízos com a pressão das usinas para comprar matéria-prima mais barata. Na segunda-feira, 12, o setor definiu uma pauta de reivindicações junto ao Ministério da Agricultura.

“O etanol caiu tanto de preço nas bombas do país, impactando as destilarias, causando, com isso, a redução significativa do valor pago pela cana do produtor rural”, disse a União Nordestina dos Plantadores de Cana (Unida), em nota.

Segundo a Associação dos Fornecedores de Cana do Estado de Pernambuco (AFCP), o preço pago pela tonelada de cana no estado caiu para R$ 166, abaixo do custo de produção, R$ 181. “O canavieiro, mais de 90% de economia familiar, está pagando para plantar”, afirma.

paridade 04 tabela completa 11.09a17.09

A queda dos preços dos combustíveis é um dos trunfos da campanha à reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL), que teve a imagem desgastada pela escalada inflacionária do primeiro semestre. Para gerar fatos positivos, a Petrobras passou a anunciar cortes quase todas as semanas.

Bolsonaro tem aparecido em postos de gasolina e promete que o Brasil terá uma das gasolinas mais baratas do mundo. Na semana passada, o país estava na 34ª colocação das gasolinas mais baratas, segundo o site Global Petrol Prices. É um avanço de 15 posições em relação ao verificado um mês antes.

paridade 02 percentual estados 11.09a17.09

Nicola Pamplona

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x