PUBLICIDADE
renovacao renovacao
Etanol: Preços

Preço do etanol e açúcar em SP encerram ano em estabilidade


Agência Estado - 23 dez 2014 - 10:05 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53

Os preços do etanol hidratado no mercado paulista encerram o ano com relativa estabilidade ante os praticados em 2013, de acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq/USP). Na parcial da safra 2014/15, iniciada em abril, até novembro, o indicador Cepea/Esalq do biocombustível ficou em R$ 1,2259 por litro em termos reais, leve aumento de 0,4% ante igual intervalo de 2013. No caso do anidro, a cotação no acumulado do ciclo ficou em R$ 1,3771 por litro (-0,5%). Os valores não incluem impostos e consideram o produto retirado na usina.

Conforme o Cepea, as maiores médias mensais da atual temporada foram verificadas em abril tanto para o hidratado como para o anidro, de R$ 1,3345/litro e de R$ 1,5174/litro, respectivamente. Já as menores médias ocorreram em outubro, de R$ 1,1495/litro para o anidro e de R$ 1,3026/litro para o hidratado.

O centro de estudos destaca, ainda, que, mesmo com a estiagem atípica em 2014, a produção e o consumo de etanol no Estado de São Paulo foram maiores: o incremento de produção foi de 230 milhões de litros e o de demanda, de 1 bilhão de litros.

Açúcar

Segundo o Cepea, houve estabilidade também para os preços do açúcar. De abril até 19 de dezembro, o indicador Cepea/Esalq referente a São Paulo obteve média de R$ 49,43 por saca de 50 kg, praticamente a mesma do ano passado, que foi de R$ 49,43/saca, mas que considera dezembro completo.

"A partir do final de setembro, ofertantes assumiram postura mais firme em relação aos preços; algumas usinas optaram também por postergar a comercialização para a entressafra, em face da menor produção de cana e a antecipação do encerramento da moagem. Com isso, os preços iniciaram na virada de setembro para outubro tendência de recuperação que persiste até o momento", destaca o Cepea, em nota.

Com os estoques internacionais elevados, as exportações brasileiras caíram em volume e preço. Citando dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), o Cepea diz que entre abril e novembro o faturamento das exportações de açúcar foi de US$ 6,495 bilhões, redução de 19% no mesmo comparativo com 2013 (US$ 7,997 bilhões). Ainda que o câmbio, na média da safra, tenha se valorizado 5,5%, o resultado negativo em moeda nacional foi de 14%, conclui o centro de estudos.

José Roberto Gomes


PUBLICIDADE BASF_NOV_INTERNAS BASF_NOV_INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x