Etanol: Preços

Etanol eleva competitividade sobre gasolina com SP, MG e MT na faixa de paridade


novaCana.com - 16 mai 2016 - 11:29

Os destaques sobre o preço do etanol na semana de 8 a 14 de maio:

- O etanol nacional na semana passada correspondeu a 68,2% do valor do combustível fóssil

- Três estados mantêm uma relação vantajosa de consumo para o renovável de cana

- São Paulo apresenta pela terceira semana consecutiva a relação mais vantajosa de consumo para o etanol hidratado

- Após queda de mais de 29% em abril, usinas paulistas registram alta na cotação do etanol hidratado


2016 19 img3 tmp

Conforme avança a safra de cana-de-açúcar na região Centro-Sul, os preços do etanol hidratado elevam sua competitividade em relação à gasolina e sua vantagem para o consumidor.

Durante a semana 8 a 14 de maio, com um arrefecimento considerável nos valores registrados nos postos de 19 estados brasileiros e no Distrito Federal e crescimento em apenas outros cinco, o sobe e desce nos preços do etanol hidratado resultou a 68,2% do valor do combustível fóssil, frente a uma relação de 69% na semana passada.

É a segunda semana consecutiva em que a média nacional do preço do biocombustível apresenta uma relação vantajosa de consumo em relação à gasolina. Desde o início de abril, quando o valor do combustível começou a apresentar sucessivas quedas, até a última semana, o índice que mede a relação entre os dois combustíveis na média nacional caiu mais oito pontos percentuais.

Vale registrar ainda que o preço da gasolina nas bombas caiu em 20 estados e no DF e experimentou alta em outras seis unidades da federação.

Em detalhe 

Gráficos avançados e filtros interativos sobre o comportamento dos preços estão disponíveis aqui (exclusivo assinantes).

O evolutivo dos preços de todos os estados desde 2001 pode ser acessado aqui.

2016 19 img3

Para saber quais são as cidades com menor paridade e as cidades com os maiores preços de etanol e gasolina acesse o novaCana DATA.

Desde a semana passada, três estados apresentam relações de consumo positivas para o renovável de cana: São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso.

São Paulo

No principal estado produtor e consumidor de etanol, a cotação caiu 1,46% na semana, para R$ 2,286 o litro. Desde o início de abril, quando começaram a queda nos preços do renovável de cana, o estado acumula desvalorização de 18,37%.

Atualmente, o estado é o que apresenta a relação mais vantajosa de consumo. Os novos patamares de preços dos combustíveis colocam o etanol em condições mais competitivas do que a gasolina no mercado paulista já há três semanas – com uma paridade entre o derivado de cana e o de petróleo agora de 65,3%.

Usinas

Nas duas primeiras semanas de maio, os valores nas usinas paulistas acumulam uma alta de 2,2% na cotação do etanol hidratado. Em abril, no entanto, a variação chegou a uma queda de mais de 29%.

Em Goiás, onde no último mês a queda nos preços das usinas chegou a 37%, as duas primeiras semanas de maio também representaram alta, de quase 3%.

Tabela de preço por estado, variação, paridade e % de consumo

Os preços do etanol e da gasolina por região, estado ou cidade desde 2001 estão disponíveis no novaCana DATA (exclusivo para assinantes).

novaCana.com