PUBLICIDADE
boletim boletim
Etanol: Importação

Região Norte deve ampliar importações de etanol dos EUA


Agência Estado - 29 mai 2013 - 09:05 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53

Por causa do custo de escoamento, a Região Norte do Brasil deve ampliar as importações de etanol dos Estados Unidos para 420 mil de litros no ciclo 2013-14, em detrimento do álcool produzido no centro-sul, de acordo com projeção da Datagro. 'Mas isso é ótimo, o Brasil sempre defendeu mercado livre para etanol', afirmou o presidente da consultoria, Plínio Nastari, durante o evento Perspectivas para o Agribusiness 2013 e 2014, promovido nesta terça-feira pela BM&FBovespa.

Para amenizar o excedente de açúcar nos EUA, o governo do país discute a possibilidade de conversão do produto doméstico em etanol. O incremento na produção de açúcar ocorreu em virtude do ganho de produtividade da beterraba (matéria-prima para açúcar) nos últimos tempos. No entanto, afirmou, essa medida não deve afetar as exportações brasileiras do biocombustível para os EUA, uma vez que o etanol do Brasil é considerado avançado e recebe incentivo.

Na safra 2013-14, o País deve exportar 3,1 bilhões de litros de etanol, essencialmente para os EUA, segundo a Datagro. Apesar do potencial de crescimento dos embarques para os EUA, Nastari alertou para a dependência dos norte-americanos do produto brasileiro. 'Perdemos mercados como Japão, Coreia e Europa justamente para os Estados Unidos. É preciso diversificar.'


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x