BASF
Etanol: Importação

Brasil não deve renovar cota para etanol importado livre de tarifa


novaCana.com - 21 mar 2019 - 08:48

A recente reunião entre o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o líder dos Estados Unidos, Donald Trump, não resultou em mudanças nas cotas para exportação de açúcar nacional. A informação é do Valor Econômico.

Segundo reportagem publicada pelo jornal, os Estados Unidos não demonstraram disposição em ampliar a atual cota de açúcar livre de tarifa (que varia de 150 mil a 160 mil toneladas por ano). O aumento do mercado norte-americano para o adoçante brasileiro é uma das ideias defendidas pela União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica) como parte de uma política de livre mercado.

Como consequência deste posicionamento do governo Trump, o Brasil também não deverá renovar a cota de 600 milhões de litros anuais de etanol livre de tarifa, disse ao Valor uma fonte do governo brasileiro que participou das negociações.

A isenção da tarifa de 20%, atualmente em vigor, vencerá em agosto próximo. Com o fim da cota, os produtores de etanol do Nordeste devem ser beneficiados, uma vez que a região é a que importa a maior parte do produto dos Estados Unidos.

Ainda segundo o Valor Econômico, na terça-feira, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, se reuniu com o secretário de Estado da Agricultura dos EUA, Sonny Perdue. Entretanto, os temas do setor sucroenergético não fizeram parte do encontro.

novaCana.com


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail