Etanol: Mercado: Gasolina

Preços da gasolina nos EUA caem abaixo de US$ 4 pela primeira vez desde março


Reuters - 12 ago 2022 - 08:03

O preço médio da gasolina no varejo dos Estados Unidos caiu abaixo de US$ 4 por galão pela primeira vez em meses, dando algum alívio aos motoristas do maior consumidor mundial do combustível.

O preço médio nacional da gasolina sem chumbo caiu para US$ 3,99 o galão nesta quinta-feira, 11, segundo a American Automobile Association.

Os preços da gasolina atingiram o recorde de US$ 5,02 em junho, reduzindo o consumo do combustível em julho a um nível mais baixo do que o visto durante a pandemia no mesmo mês de 2020.

A última queda de preços pode ajudar o governo do presidente Joe Biden e os democratas no Congresso durante as eleições de meio de mandato de novembro. A Casa Branca tomou várias medidas para conter os preços do petróleo após a invasão da Ucrânia pela Rússia.

Biden disse na quarta-feira que a inflação estava mostrando sinais de moderação, embora as pessoas “ainda estivessem sofrendo”.

A certa altura, o petróleo, principal impulsionador dos preços da gasolina, chegou a US$ 139 o barril, e estava em torno de US$ 98 nesta quinta-feira.

“Quando você olha para os preços da gasolina abaixo da marca de US$ 4 na média nacional, esperamos que qualquer impacto da destruição da demanda tenha sido transitório e potencialmente esteja no espelho retrovisor”, disse o analista de petróleo para as Américas da Kpler, Matt Smith.

Os consumidores entrevistados nos últimos dias, no entanto, disseram que, embora estivessem satisfeitos com a queda dos preços, ainda estavam sendo cautelosos em termos de compras.

“Eles estão caindo, mas não o suficiente”, disse Kevin Williams, um funcionário do Serviço Postal dos EUA que estava enchendo seu tanque em Atlanta na quarta-feira. “Mesmo com os preços baixos, ainda está me custando US$ 50 a US$ 60 para abastecer. Costumava ser US$ 30”.

Os contratos futuros de gasolina caíram 27% em relação às máximas de junho, enquanto o declínio no varejo é de pouco mais de 20%. Alguns estados tiveram mais alívio, como Ohio, onde os preços caíram 27% em relação ao pico.

Os preços da gasolina tendem a atingir o pico no verão e caem à medida que a temporada de férias diminui.

Laura Sanicola
Com reportagem de Rich McKay e Akriti Sharma

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x