Etanol: Mercado: Gasolina

MP que aumenta mistura de etanol para 27,5% pode não ser votada


Agência Estado - 27 ago 2014 - 11:57 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53

O deputado federal Newton Lima (PT-SP) alertou nesta terça-feira, 26, que a Medida Provisória (MP) 647, que regulamente o aumento da mistura do biodiesel ao diesel, a qual foi incluída a proposta de aumento de 25% para 27,5% do etanol anidro à gasolina, corre o risco de vencer se não for votada na próxima semana no Senado. Lima lembrou que a MP vence em 27 de setembro e o único período para ser aprovada será o esforço concentrado que os senadores devem fazer na próxima semana.

"É preciso uma pressão política sobre o presidente do Senado Renan Calheiros para que a MP seja incluída na pauta semana que vem, pois não haverá outra oportunidade até que ela caduque, pois essa deve ser a única votação prevista antes do primeiro turno das eleições", explicou Lima.

O parlamentar lembrou que a MP deve ainda sofrer com "forças contrárias". Citou a posição contrária ao aumento da mistura da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). "É um braço-de-ferro entre dois setores importantes e a oportunidade que o setor do etanol terá é a semana que vem", concluiu.

Gustavo Porto


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail