BASF
Etanol: Mercado: Gasolina

Fipe: relação entre etanol e gasolina tem menor nível mensal em SP


Agência Estado - 05 fev 2014 - 08:07 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53

A relação entre o valor médio do etanol e o preço médio da gasolina alcançou o nível de 68,08% em janeiro na cidade de São Paulo, de acordo com levantamento divulgado nesta terça-feira, 04, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O número apurado no mês passado ficou levemente acima do observado em dezembro de 2013, de 67,20%, mas representou o menor nível mensal para janeiro desde 2009, quando a marca ficou em 55,22%.

Nos mesmos períodos de 2010, 2011 e 2012, conforme a série histórica da Fipe, a relação entre etanol e gasolina ficou em 72,85%, 69,89% e 70,82%, respectivamente. Em janeiro de 2013, a relação ficou em 69,20%.

Na avaliação de especialistas, o uso do etanol deixa de ser vantajoso em relação à gasolina quando o preço do derivado da cana-de-açúcar representa mais de 70% do valor da gasolina. A vantagem é calculada considerando que o poder calorífico do motor a etanol é de 70% do poder dos motores à gasolina.

O reajuste nos preços da gasolina do fim do ano passado ainda explica a maior vantagem no uso do etanol. Este fator ainda foi predominante no primeiro mês de 2014, apesar desta época do ano ter como característica a entressafra da cana-de-açúcar, que costuma elevar os valores do etanol.

Para o coordenador do Índice de Preços ao Consumidor (IPC), Rafael Costa Lima, a tendência é de que o impacto da alta da gasolina deixe aos poucos o índice. Tal movimento já foi detectado em janeiro, quando o valor médio do derivado do petróleo apresentou variação positiva de 0,16%, já bem menos intensa que a de 4,10% de dezembro. O preço médio do etanol, por sua vez, mostrou elevação de 1,64% nos postos da cidade de São Paulo ante alta de 5,75% em dezembro. No mesmo período, a taxa geral do IPC da Fipe passou de 0,65%, em dezembro, para 0,94% em janeiro.