Etanol: Mercado: Futuro

Preço do petróleo pode ditar o futuro do etanol brasileiro

Trabalho realizado por entidade ligada ao governo dos EUA traçou cenários de como o preço do derivado fóssil se comportará para projetar como o setor de açúcar e etanol será impactado. O resultado é um exercício de lógica essencial para as empresas em fase de estudo para ampliações de participação no mercado


novaCana.com - 17 ago 2016 - 10:57

O preço do etanol nas bombas é resultante de uma série de fatores, desde a situação financeira das usinas, passando pelo clima e moagem de cana até a percepção do consumidor. Todos eles, contudo, acabam impactados, em maior ou menor grau, por um fator primordial: o preço do petróleo.

Ainda que o peso da cotação do barril do óleo sofra grande influência das políticas nacionais, o petróleo é essencial para ditar os rumos do setor sucroenergético brasileiro, especialmente se olharmos para o médio e longo prazo.

Um estudo elaborado nos EUA lançou uma visão sobre o impacto para as usinas de açúcar e etanol do Brasil considerando diferentes cenários para o preço do petróleo. O trabalho apresenta um exercício de lógica essencial para as empresas em fase de estudo para ampliações de participação no mercado.

Na reportagem e infográficos a seguir:

- Possibilidades para o preço do petróleo e suas implicações diretas e indiretas no mercado de etanol

- Como os preços internacionais do açúcar serão afetados e o impacto na produção nacional

- Influência do petróleo na demanda e na produção de etanol até 2024

- Caminhos para a exportação brasileira de etanol


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail