Etanol: Mercado: Futuro

Alta na safra de cana e preço da gasolina devem puxar consumo de etanol em 2013


Canal Rural - 09 jan 2013 - 16:24 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53

O ano de 2012 chegou ao fim registrando uma queda de 10,4% no consumo de etanol, consequência do alto preço cobrado pelo litro, que deixou a gasolina mais atraente para consumidor. Com a grande safra de cana-de-açúcar prevista para 2013 e o aumento no preço da gasolina, a expectativa é para um novo cenário neste ano.

No final de 2012 o litro do etanol estava custando, em média, R$ 1,85, quase 70% do valor da gasolina. A diferença é considerada pouco atrativa para o bolso do consumidor. O resultado é o aumento na procura pela gasolina, que registrou alta de 12,2% nas vendas no ano passado.

O litro da gasolina está sendo vendido, em média, a R$ 2,69, valor que, segundo cálculos do setor, está defasado em 13% e deve sofrer reajuste de 6% a 8% em 2013.

"O mercado está começando a se ajeitar. Está se falando em aumento já e este aumento deverá vir, mas eu creio que, se isto acontecer e o etanol não subir, nós voltaremos a ter um bom consumo de etanol" afirma o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo (Sincopetro), José Alberto Paiva Gouveia.

Num ano em que a safra de cana-de-açúcar superou as expectativas, chegando a 535 milhões de toneladas, o aumento da gasolina pode deixar o preço do etanol mais atrativo para o consumidor.

Além da boa safra de cana-de-açúcar e da alta no preço da gasolina, outra boa notícia é o aumento da mistura do etanol na gasolina que, em junho, deve voltar a ser de 25%.

"O aumento na mistura do etanol na gasolina vai ser muito bom para a Petrobrás, porque para de importar um produto que ela tem que subsidiar no mercado interno. Ela precisa disto para evitar o prejuízo que está tomando até agora" explica o presidente do Sincopetro.

Segundo Plínio Nastari, presidente da consultoria Datagro, a cultura do consumo de etanol precisa voltar. De acordo com o especialista, as projeções para a safra 2013/2014 são otimistas.

"Espera-se uma recuperação na produção, podendo chegar a pouco mais de 580 milhões de toneladas de cana. A produção de açúcar deve superar 37 milhões de toneladas na região Centro-Sul, contra 34,3 milhões de toneladas da safra passada" projeta.

Manoel Vicente Bertone trabalhou por cinco anos na Secretaria de Produção e agroenergia do Ministério da Agricultura. Hoje, ele toma conta de um instituto que pesquisa mercados para indústrias de açúcar e biocombustíveis, o Biomass Energy Research Institute, e chama a atenção para outra oportunidade que o setor não pode deixar passar em 2013.

"Nós estamos observando uma diminuição na produção americana de etanol e provavelmente um aumento da demanda das exportações brasileiras. É provável que os americanos importem mais etanol do Brasil, o que pode favorecer um ambiente melhor no mercado sucroenergético para o ano de 2013" avalia Bertone.

João Henrique Bosco

Tags: Canal Rural

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail