BASF
Etanol: Exportação

Prêmio maior nos EUA impulsionou exportação de etanol pelo Brasil


Agência Estado - 08 jan 2016 - 11:18

O presidente da consultoria Datagro, Plinio Nastari, afirmou há pouco, durante teleconferência com jornalistas, que a volumosa exportação de álcool pelo Brasil em dezembro foi resultado da "elevação do prêmio do etanol de cana (no mercado externo), principalmente no mercado norte-americano".

Dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) mostram que o País embarcou no mês passado 286,7 milhões de litros de etanol, o melhor resultado mensal desde outubro de 2013, quando foram embarcados para o exterior 336 milhões de litros. Essa quantidade empurrou o acumulado de 2015 para 1,86 bilhão de litros (+33,5%).

Para a safra 2015/16, iniciada em abril, a Datagro estima importação de 770 milhões de litros de etanol, em especial pela região Norte/Nordeste. "As importações devem se intensificar a partir de janeiro, quando a disponibilidade no Centro-Sul para envio ao Nordeste diminui", destacou o executivo, citando o período de entressafra na principal região produtora do País.

Proálcool substituiu 407 bilhões de litros de gasolina

O etanol utilizado no Brasil desde o Proálcool, lançado em 1975, até 2015, substituiu o consumo de 407,04 bilhões de litros de gasolina, de acordo com cálculos da Datagro apresentados por Plínio Nastari. A economia acumulada nesses 40 anos com importação de gasolina foi de US$ 412,56 bilhões, afirmou.

Considerando-se apenas o ano de 2015, o consumo de etanol substituiu 23,35 bilhões de litros de gasolina, com economia de US$ 10,27 bilhões. O presidente da Datagro destacou ainda que as exportações brasileiras de açúcar e etanol em 2015 somaram US$ 8,52 bilhões, menos que os US$ 10,35 bilhões de 2014.

José Roberto Gomes


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail