Etanol: Exportação

EUA recuperaram exportações de etanol em 2014


Globo Rural - 04 mai 2015 - 10:06 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53

As exportações de etanol dos Estados Unidos registraram recuperação em 2014. A informação é do Departamento de Agricultura do país (USDA, na sigla em inglês). O volume embarcado foi de 3,2 bilhões de litros, com uma receita de US$ 2 bilhões.

A quantidade exportada no ano passado foi a maior desde 2011. Naquele ano, as exportações do combustível – que no país é feito a partir do milho – atingiram 4,5 bilhões de litros.

“Seis por cento do etanol produzido foram exportados no ano passado e os Estados Unidos tomaram a posição do Brasil como o maior exportador mundial”, diz o relatório, que lembra ainda que, além de vender o combustível ao mercado, o Brasil importa.

O documento do USDA informa ainda que os Estados Unidos diversificaram mais suas exportações de etanol, fazendo uma comparação entre 2011 e 2014. Há quatro anos, 25% das vendas foram para o Canadá, 25% para a União Europeia, 32% para o Brasil e 18% para outros mercados.

No ano passado, 40% do exportado pelos norte-americanos tiveram como destino o Canadá. O Brasil caiu para 14% e a União Europeia para 6%. Já os outros mercados aumentaram sua participação para 40% do volume total, com reforço nas vendas para Emirados Árabes, Filipinas e Índia.

“As exportações para o Brasil, segundo maior produtor mundial, dobraram no ano passado. No entanto, estão bem abaixo dos níveis de 2011 e 2012, quando os preços mais altos do açúcar desestimularam a produção brasileira de etanol e estimularam as importações”, diz o documento.