BASF
Etanol: Mercado

Consumo de etanol hidratado entre janeiro e julho ultrapassa 12 bi litros [30 gráficos]

Em julho, biocombustível correspondeu a 29% do volume abastecido nos postos do país


novaCana.com - 03 set 2019 - 09:52

O consumo de combustíveis do Ciclo Otto no Brasil ultrapassou a marca de 30 bilhões de litros no acumulado de janeiro a julho de 2019 – uma elevação de 3,5% em relação ao registrado no mesmo período do ano passado.

Por sua vez, o consumo de etanol hidratado no mesmo intervalo somou 12,63 bilhões de litros, um recorde para o período. O montante está 33,17% acima do visto entre janeiro e julho de 2018 e é 26,9% superior ao recorde anterior, de 9,95 bilhões de litros, registrado em 2015.

O resultado elevado no consumo se repetiu nos principais estados produtores do país, que também vêm renovando seus recordes no consumo do biocombustível.

De janeiro a julho, o estado que mais consumiu etanol foi São Paulo, com 6,38 bilhões de litros – uma elevação anual de 27,8%. Por sua vez, Minas Gerais registrou um crescimento de 47,5%, atingindo um acumulado de 1,77 bilhão de litros.

A alta no consumo de etanol chama a atenção no governo. Segundo a coluna do Broadcast Agro, serviço oferecido pela Agência Estado, um comitê de representantes do governo e do setor privado avaliou que “ao menos por enquanto” não há risco de desabastecimento de etanol.

Em reunião realizada na última quarta-feira (28), em Brasília, o comitê apontou que os estoques das usinas devem crescer nas próximas quinzenas, pois a safra está em andamento. Além disso, a perspectiva é que a demanda pelo hidratado desacelere por conta de um aumento nos preços e da consequente substituição na preferência dos consumidores pela gasolina.

Consumo mensal

Especificamente, julho teve uma demanda de 4,55 bilhões de litros de combustíveis do Ciclo Otto, a mais alta para o ano até o momento. Deste total, a maior parte foi consumida em São Paulo que, sozinha, deteve um mercado de 1,34 bilhão de litros, o equivalente a 29,4% do total.

Mesmo com o aumento na demanda nacional, o etanol hidratado manteve seu espaço de mercado, correspondendo a 29,01% do volume abastecido em julho – ao longo do ano, a participação do biocombustível tem variado entre 29,63% e 28,52%.

Com isso, o volume consumido de etanol totalizou 1,86 bilhão de litros no país, uma elevação de 15,8% na comparação com julho de 2018. Deste montante, pouco mais da metade foi destinada aos veículos paulistas, com 951 milhões de litros, um crescimento anual de 14,9%. No estado, a preferência pelo etanol foi de 50,35% em julho.

consumo 02 otto mensal nov17 block

consumo 01 otto acumulado nov17 block

consumo 04 hidratado anual nov17 block

consumo 05 hidratado mensal nov17 block

consumo 03 combustiveis evolucao nov17 block

consumo 06 preferencia consumidor nov17 block

novaCana DATA (exclusivo assinantes)

novaCana.com
Com informações adicionais da Agência Estado

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar

ou