Etanol: Mercado

Consumo do Ciclo Otto cresce 3,6% em maio: 30 gráficos sobre o consumo de combustíveis


novaCana.com - 04 jul 2017 - 11:01

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou ontem (3) os dados sobre o consumo de gasolina e etanol (convertido em gasolina equivalente) em maio de 2017. De uma forma geral, o país viu um crescimento na demanda por combustíveis no mês.

O consumo do ciclo Otto (menos GNV) atingiu um volume de 4,52 bilhões de litros no período – um crescimento de 3,6% em relação ao volume consumido em maio de 2016, quando o brasileiro comprou 4,362 bilhões de litros de combustíveis.

Na comparação mês a mês, o crescimento foi maior. Em relação a abril, quando foram consumidos 4,346 bilhões de litros de combustíveis, os volumes aumentaram 4%.

Com mais esse resultado, a demanda de combustíveis no acumulado do ano permanece ligeiramente maior do que em 2016. Até maio do atual ano foram consumidos um pouco mais de 22 bilhões de litros de combustíveis do Ciclo Otto no Brasil. Isso representa um crescimento de 1,38% sobre os 21,73 bilhões de litros comercializados no mesmo intervalo do ano passado.

BLconsumo 02 otto mensal mai17

BLconsumo 01 otto acumulado mai17

Etanol avança, mas volumes permanecem abaixo de 2016

A demanda maior no volume consumido de combustíveis foi sentida pelo etanol apenas na comparação mês a mês. Em maio foram consumidos um pouco mais de 1 bilhão de litros do renovável de cana, valor 5,7% maior do que os 985 milhões comercializados em abril desse ano.

No entanto, na comparação anual, o consumo permanece abaixo dos volumes demandados no ano passado. No mês de maio de 2016 foram consumidos 1,32 bilhão de litros de etanol hidratado, o que faz com que o resultado do mesmo mês de 2017 represente vendas 21% menores.

Dessa maneira, a quantidade de etanol consumida até maio de 2017 é 19% menor do que o total registrado no mesmo período do ano passado. O consumo do biocombustível de cana-de-açúcar foi de 4,791 bilhões de litros até maio desse ano, frente a um total de 5,965 bilhões nos primeiros cinco meses de 2016.

BLconsumo 05 hidratado mensal mai17

BLconsumo 04 hidratado anual -mai17

Preferência pelo etanol avança no país

Ainda assim, o crescimento no consumo de etanol na comparação mês a mês reflete os avanços da competitividade dos preços do etanol hidratado nas bombas de combustíveis pelo país.

Desde o mês de maio, em dois estados é mais vantajoso consumir etanol hidratado do que gasolina: em São Paulo e no Mato Grosso. Nas médias nacionais, assim como em muitos estados, os preços do etanol vêm se desvalorizando mais do que a gasolina.

Nos indicadores de consumo, isso se refletiu em um novo aumento da participação do etanol hidratado na preferência do consumidor em relação à gasolina. No índice nacional, a preferência do consumidor foi de 16,30% em maio, frente a 16,03% em abril.

Em São Paulo, a preferência chegou a 32,69% (em abril, o indicador foi de 32%). No Mato Grosso, apesar de o etanol ser mais vantajoso para consumo há mais tempo, os índices acompanharam o ritmo de crescimento nacional, inclusive registrando os mesmos índices de preferência – de 16,03% em abril para 16,30% em maio.

Outros estados que registram queda nos preços também notaram avanço da participação do etanol hidratado na preferência do consumidor em relação à gasolina. Em Goiás, a fatia de participação chegou a 27,28% e, em Minas Gerais, a 14,36%.

BLconsumo 06 preferencia consumidor mai17

Consumo de gasolina é 10% maior

O consumo de combustível fóssil apresentou crescimento em maio de 2017 na comparação com o mesmo mês de 2016. Com um total consumido de 3,784 bilhões de litros no mês, o volume representou aumento de mais de 10% na comparação com maio do ano passado, quando foram utilizados 3,429 bilhões de litros de gasolina para abastecer os veículos do país.

Na comparação mês a mês, o crescimento foi um pouco mais tímido do que na comparação anual e também do que vem sendo registrado ao longo do ano, superando em apenas 3,69% os 3,649 bilhões de litros no consumo registrado em abril.

Mesmo assim, no acumulado do ano, o consumo de gasolina permanece maior do que em 2016. O consumo de janeiro a maio de 2017 foi de 18,650 bilhões de litros, contra 17,518 bilhões de litros no período de 2016. Dessa maneira, o volume de gasolina demandado no trimestre foi 6,46% maior do que o consumido no mesmo intervalo do ano passado.

BLconsumo 03 combustiveis evolucao  mai17

novaCana DATA


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR