BASF
Etanol: Meio ambiente

A calculadora do RenovaBio: como as emissões de carbono das usinas de etanol serão contabilizadas


novaCana.com - 27 jul 2017 - 09:29

As informações sobre como vai funcionar o RenovaBio chegam em doses homeopáticas para o setor. A cada nova notícia ou declaração, peça a peça, as usinas de etanol e também de outros biocombustíveis tentam montar o cenário que espera o segmento quando todo o quebra-cabeça do programa estiver completo.

Inclusive, já virou lugar-comum dizer que, até agora, pouco se sabe sobre o funcionamento da iniciativa na prática, o que aumenta ainda mais as expectativas sobre o que o programa representará.

As mais recentes novidades são a respeito da calculadora do Renovabio, ferramenta que será a responsável pelo processo de avaliação ambiental e certificação das usinas de etanol e de outros combustíveis renováveis contemplados pelo programa.

A calculadora está sendo desenvolvida nesse momento por uma força-tarefa envolvendo profissionais de várias instituições. Para o etanol, ela já estaria “praticamente pronta, passando apenas por alguns ajustes”, de acordo com a equipe de trabalho, enquanto as ferramentas para os demais combustíveis ainda estão em processo de desenvolvimento.

Confira a seguir o que já se sabe sobre a avaliação que as usinas passarão para a certificação no RenovaBio.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail