PUBLICIDADE
ARMAC
Matérias-primas alternativas

Usina de etanol da BSBios deve ampliar cultivos de inverno na região de Passo Fundo


Rádio Uirapuru - 24 jun 2022 - 16:10

Nesta quinta-feira, 23, o protocolo de intenções para criação da primeira usina de etanol em larga escala de Passo Fundo (RS) foi assinado. Para produzir este etanol, a BSBios deve usar cereais em vez da cana, como tradicionalmente ocorre no país. Com isso, a demanda pelas culturas de inverno deve aumentar.

De acordo com o gerente de mercado da Stedile Semente, Mário Klein, a expectativa com a implantação da usina de etanol é “muito boa”, sendo mais uma opção de comércio para as cultivares de inverno. O especialista lembra que os agricultores estavam diminuindo as lavouras comerciais de inverno e plantando apenas pequenas áreas para cobertura ou alimentação animal.

Klein destaca que o mercado do trigo já está em alta e teve um significativo aumento de área plantada na safra deste ano, em função da falta do produto no mundo. Com a chegada da usina de etanol da BSBios, que utilizará o cereal para produzir o combustível, a área deve ser ainda maior nos próximos anos.

O gerente acredita que as safras de inverno entrarão em um outro patamar daqui para frente. Para 2022 está prevista a maior safra de trigo da história. No entanto, não será a maior área plantada. No passado, eram cultivados mais hectares, porém a produtividade era menor.

Mario Klein explica que, para a produção de etanol, devem ser utilizados principalmente o trigo e triticale. Ele acredita que deverão ser criadas cultivares especiais para essa finalidade, até pela parceria firmada entre a BSBios e a BioTrigo.

O gerente de mercado também acredita que a BSBios vai absorver praticamente toda a produção de trigo da região, pois a empresa precisará de aproximadamente 100 mil hectares de produção para o etanol.

Mateus Pirolli


PUBLICIDADE BASF GIGA INTERNAS BASF GIGA INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x