Matérias-primas alternativas

Preço mais alto do milho terá impacto nos setores de alimentos e combustíveis

Preços ficarão acima da média de 2020, tornando mais fraco o poder de compra dos consumidores


Folha de S. Paulo - 12 jan 2021 - 07:58

Mais uma vez, o dólar poderá determinar o quadro interno de abastecimento no setor de alimentos. A avaliação é de Vlamir Brandalizze, da Brandalizze Consulting, de Curitiba (PR). O cenário para o consumidor não será fácil, segundo ele.

Os preços dos alimentos tiveram uma correção tanto no mercado interno como no externo, o que dificulta uma retração intensa dos preços internamente, mesmo com oferta melhor de mercadorias. Um dólar aquecido, e a situação política indica que ele vai continuar elevado, favorece exportações.

O cenário deste ano continuará sendo um bom sinal para o produtor, mas não para o consumidor. Alguns produtos merecem uma atenção especial, principalmente após a alta que vêm registrando em Chicago.

O milho é um deles. O preço médio da ração deste ano ficará mais caro do que foi em 2020. As indústrias, favorecidas pelo dólar elevado e exportações, têm condições de assumir esse custo, mas a conta final fica com o consumidor.

Brandalizze acredita que a situação de oferta interna do produto só será aliviada se as estimativas recordes de plantio do cereal se confirmarem na safrinha. Além disso, é necessário que os EUA confirmem o potencial de safra de 400 milhões de toneladas que têm para aliviar a demanda internacional.

Os motivos que levam por uma disputa maior pelo milho são tanto internos como externos. O Brasil consome mais, China e o Leste Europeu tiveram quebra de safra, as importações chinesas aumentaram e o consumo cresce nos Estados Unidos.

O novo patamar dos preços do petróleo favorece a produção de etanol de milho nos EUA, que estão sem estoques do cereal. Além disso, a Argentina impôs entraves nas exportações do país. “Não se espera milho barato, e a área e o clima vão ser fundamentais na safrinha brasileira neste ano”, diz ele.

Mauro Zafalon

Tags: Milho