BASF
2ª Geração

EUA lista projetos de etanol celulósico pelo mundo e exclui a Raízen de projeção para 2016


novaCana.com - 26 jan 2016 - 10:19
Sede da EPA, em Washington. A agência também tem 10 escritórios regionais e 27 laboratórios.

Uma das principais agências do Governo nos Estados Unidos fez uma projeção inédita sobre as usinas de etanol celulósico (E2G) ao redor do mundo. A Agência de Proteção Ambiental (EPA) apresentou uma lista com todos os projetos que estão em condições de comercializar etanol celulósico para o país ainda neste ano e a capacidade de produção de cada um.

A EPA se tornou uma das organizações que mais estimula o desenvolvimento dos biocombustíveis celulósicos pelo mundo ao seguir uma determinação do governo norte-americano ao criar o Padrão de Combustíveis Renováveis (RFS). Todo ano a agência define o total de biocombustíveis celulósicos que os EUA utilizarão, ajustando a meta da RFS para o volume que as indústrias do mundo podem oferecer.

Para determinar quais usinas terão condições de cumprir as metas deste ano e a capacidade das usinas, a EPA fez uma nova avaliação dos projetos em andamento e listou aqueles em melhores condições de entregar etanol celulósico.

A pesquisa foi feita com representantes das empresas, verificando os cadastros recebidos e, como critério de correção, foram utilizados os registros dos caminhos de produção.

O resultado desta avaliação é apresentado a seguir.

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar

ou