Ranking da bioeletricidade: As 100 usinas que mais geraram energia elétrica em 2016

Nem todas as usinas conseguem se beneficiar da energia da cana. A presença estratégica da bioeletricidade é maior em alguns grupos e inexistente em outros. Quem melhor aproveita a cogeração fica evidente com os dados finais de 2016 de geração de energia elétrica por usina e por grupo.

O novacaCana realizou um levantamento e apresenta a seguir o volume de energia comercializado pelas 100 usinas e 50 grupos que melhor aproveitaram o potencial da cogeração.

25% de toda geração de energia em 2016 foi oriunda de três grupos empresarias sucroenergéticos.

Os maiores grupos do setor também são os que mais se destacam no segmento de cogeração de energia, com algumas falhas.

Para traçar esse panorama de geração de energia ao longo de 2016 e elaborar um ranking com as usinas e grupos que mais geraram energia elétrica ao longo do ano, o portal levantou uma série de dados sobre a Geração de Energia no Centro de Gravidade das unidades de cogeração movidas a bagaço de cana.

O objetivo do recorte é mostrar de forma mais precisa a participação do açúcar e etanol no mercado de energia.

Interessante notar as variações de venda em 2016 comparado com 2015. Enquanto alguns grupos registraram crescimento expressivo, outros viram suas vendas de energia despencarem.

O resultado desse trabalho foi a elaboração dos três rankings que você confere a seguir:

- A produção das 25 principais usinas em 2015 e 2016

- Os 50 grupos com maior produção de energia elétrica

- Ranking das 100 usinas com maior geração no Centro de Gravidade

O texto acima é apenas uma breve introdução. Para ver esta página completa clique aqui e assine.

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar

Etanol e Cana direto em seu email

Antes de sair, cadastre-se para receber as principais notícias do setor
Obrigado, não quero ficar informado.
Esqueci minha senha close modal