PUBLICIDADE
BN novacana 1300x150
Mercado

Raízen inscreve 3 projetos de biomassa no leilão A-5


Agência Estado - 05 ago 2013 - 10:47 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53

A Raízen inscreveu três projetos de térmicas a biomassa no leilão de energia A-5, marcado para o dia 29 deste mês. Os projetos ficam localizados no Mato Grosso e dois em São Paulo. A capacidade instalada conjunta dos projetos não foi revelada pelo diretor de Tecnologia e Bioenergia da Raízen, João Alberto Abreu.

"Estamos neste momento analisando os preços. Vemos uma clara melhora em relação ao último leilão, quando o preço-teto era de R$ 112", disse o executivo, em uma referência ao preço-teto de R$ 140 por megawatt-hora estabelecido para o novo leilão. "De maneira geral, a biomassa precisa de aproximadamente R$ 150 por megawatt-hora para viabilizar novos projetos, mas faremos o esforço necessário para participar e contribuir com a retomada do setor da biomassa no mercado regulado", afirmou Abreu ao Broadcast.

Abreu corroborou a afirmação dada mais cedo pelo presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Mauricio Tolmasquim, de que o leilão A-5 deverá ser caracterizado pela aprovação de projetos de térmicas a biomassa e a carvão e não apenas de uma fonte energética. "O modelo como foi desenhado agora, com a retirada da eólica, traz oportunidade para que todos participem. O projeto a carvão, se tiver a termelétrica do lado da produção de carvão, terá condição logística bastante diferente. Mas é difícil afirmar quanto cada fonte terá de participação no leilão", ressaltou o diretor da Raízen.

ANDRÉ MAGNABOSCO


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
Card image


x