Mercado

Mapa da cogeração: as usinas que estão investindo e ampliando capacidade

Levantamento do novaCana apresenta os projetos em construção ou ampliação de bioeletricidade nas usinas de açúcar e etanol


novaCana.com - 18 out 2016 - 10:09

Mapeamento realizado pelo novaCana envolvendo todos os projetos de novas termelétricas movidas a biomassa até 2023 revelou que quase 70% das obras previstas envolvem Usinas Termelétricas (UTEs) movidas à bagaço de cana.

Ao todo, considerando também as térmicas movidas com outras biomassas, existem 35 projetos em desenvolvimento no Brasil para instalação ou ampliação de capacidade. Desse total, 24 dos projetos que têm chance de sair do papel envolvem a cogeração de energia a partir do bagaço de cana-de-açúcar.

Entre as empresas que tem como matéria-prima o bagaço, cinco já começaram a construir suas Usinas Termelétricas (UTEs), nove devem iniciar a construção em breve e outras 10 já estão ou devem iniciar nos próximos anos o processo de ampliação de capacidade. No total, essas UTEs devem adicionar mais de 953,6 MW à capacidade de cogeração a partir dos resíduos de cana.

O novaCana apresenta a seguir o resultado deste levantamento detalhado dos projetos futuros de cogeração das usinas sucroenergéticas:

- Potência nova de cada unidade e cronograma de implementação ao longo dos anos

- Mapa com a localização de todos os projetos e usinas/grupos envolvidos

- Evolução da nova potência instalada ao longo do anos

- Avaliação da viabilidade dos projetos


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR