Região de Ribeirão Preto está com um dos canaviais mais velhos do Brasil.

novaCana.com 06 dez 2016 - 12:06 - Última atualização em: 16 dez 2016 - 14:59

Renovação dos canaviais no Brasil atinge o segundo pior índice da história, pior só em 1999.

Região de Ribeirão Preto está com um dos canaviais mais velhos do Brasil.

Variedade de cana mais plantada no Brasil tem baixa performance com a mecanização, mas segue dominando.

novaCana.com06/12/2016

Em um dos levantamentos mais abrangentes sobre as variedades que dominam os canaviais brasileiros, o Instituto Agronômico (IAC) levantou as opções escolhidas por 217 usinas sucroalcooleiras da região Centro-Sul durante a safra 2016/17.

O estudo é resultado do mapeamento de uma área plantada com cana alcançando 6,1 milhões de hectares. Essa área pesquisada corresponde a 76% do total estimado de toda a área cultivada na maior região produtora de cana do país, de 8 milhões de hectares. Além disso, a pesquisa coletou informações sobre a intenção de plantio para os próximos anos de 124 unidades, somando 517,8 mil hectares recenseados.

O resultado é o quadro mais completo sobre como as usinas nacionais estão adotando diferentes variedades de cana-de-açúcar e como os canaviais vão evoluir no próximo ciclo da cultura.

Mesmo com os números médios mostrando uma deterioração dos canaviais, há mudanças em alguns estados que trazem perspectiva de melhora pela frente.

Para aqueles interessados no médio prazo, a expectativa de melhora traz um bom horizonte. No entanto, para a próxima temporada, a situação média dos canaviais é ruim e entre as causas principais estão os efeitos tanto da baixa renovação dos canaviais, como da falta de investimento no campo, que devem ser fortemente sentidos e afetar a produtividade agrícola em 2017/18.

O portal novaCana apresenta a seguir o resultado desta compilação e os principais insights obtidos pelos analistas. E mais: 16 gráficos com os principais indicadores de uso varietal no Centro-Sul, nos estados da região e nas principais cidades paulistas:

- Relação Plantio e Cultivo
- O que foi plantado X O que as usinas planejam plantar
- Participação das variedades na área cultivada e relação colheita e plantio por tipo de cana
- Ranking do uso de variedades de cana por Estado
- Ranking do uso de variedades de cana por cidade paulista produtora
- Índice de Atualização Varietal
- Índice de Concentração Varietal
- Índice de Maturação Varietal
- Índice de Estágio Médio de Corte
- Relação Estágio Médio de Corte: EMC X TCH


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR