Cana: Safra / Moagem

Safra no Centro-Sul atinge 531,86 milhões de toneladas


Agência Udop de Notícias - 29 jan 2013 - 17:06

A safra de cana-de-açúcar na região Centro-Sul do Brasil atingiu, no último dia 15 de janeiro, a moagem de 531,86 milhões de toneladas, ou seja, 7,85% superior ao volume total de cana processada na temporada anterior (2011/12). Os dados fazem parte de relatório divulgado hoje (29) pela União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica).

Os números apresentados pela entidade são apenas cerca de 0,09% superiores ao levantamento anterior emitido pela Unica, com a moagem de abril até 31 de dezembro de 2012, o que demonstra claramente que a safra 2012/13 já se encerrou para a maioria das unidades produtoras, restando apenas poucas usinas ainda em operação.

O relatório demonstra uma produção de açúcar até a primeira quinzena de janeiro de 34 milhões de toneladas, 8,9% superior ao volume produzido em 2011/12 e uma produção de etanol na casa de 21,31 bilhões de litros, 3,8% a mais que os 20,54 bilhões produzidos na safra anterior.

O aumento na produção de etanol se justificou apenas pelo incremento na produção de etanol anidro, misturado em 20% na gasolina, que saltou de 7,46 bi/litros produzidos em 11/12 para os atuais 8,85 bi/litros desta temporada, um aumento de 18,6%. Já a produção de hidratado retraiu 4,7% no comparativo das duas safras, com uma produção até 15 de janeiro de 12,46 bilhões de litros.

A safra continua se mostrando mais alcooleira que açucareira, com 50,41% da cana direcionada para a produção de etanol e 49,59% para a produção de açúcar.

Ranking
Outro dado relevante do relatório apresentado pela Unica nesta tarde é o ranking de produção de cana por estado, que aponta o estado de Goiás como o segundo maior produtor de cana-de-açúcar do país, tendo superado, pela primeira vez o estado de Minas Gerais, até então na segunda colocação.

Até 15 de janeiro, as usinas de Goiás haviam processado 52,72 milhões de toneladas de cana, enquanto em Minas Gerais as unidades processaram 51,75 milhões de toneladas. O Paraná figura na quarta posição do ranking, com uma moagem de 39,67 milhões de toneladas.

O relatório com os dados pode ser acessado na íntegra aqui (.pdf).

Rogério Mian