Cana: Safra / Moagem

Usinas destinam cana-de-açúcar de janeiro para produção de etanol


Reuters - 27 jan 2014 - 13:48 - Última atualização em: 27 jan 2014 - 18:14

A moagem de cana-de-açúcar do centro-sul do Brasil somou 594,78 milhões de toneladas até a primeira quinzena de janeiro, alta de 11,8 por cento se comparado a igual período do ano passado, informou a associação que reúne a indústria nesta segunda-feira.

O incremento na moagem de cana ao longo desta safra, que está praticamente encerrada, foi destinado basicamente ao etanol, cuja produção no acumulado da safra atingiu 25,41 bilhões de litros, ou 20 por cento de alta na comparação anual.

Já a produção de açúcar no acumulado da safra totalizou 34,27 milhões de toneladas, ligeiro aumento de 0,56 por cento versus igual período do ano passado, reflexo dos baixos preços da commodity no mercado internacional.

Os futuros do açúcar bruto negociados na bolsa de Nova York (ICE) atingiram nova mínima de três anos e meio nesta segunda-feira, a 14,93 centavos de dólar por libra-peso, com o mercado sendo pressionado pelos seguidos excedentes globais.

O volume de cana usado para a produção de etanol na safra 2013/14 saltou para 54,66 por cento da moagem total, contra 50,41 por cento no ciclo anterior.

Com a safra 13/14 terminando, o número da moagem até a primeira quinzena de janeiro é praticamente o mesmo do período anterior, quando as usinas tinham moído 594,1 milhões de toneladas.

O centro-sul, principal região produtora do Brasil que responde por 90 por cento da safra nacional, está entrando na entressafra, reduzindo gradativamente a atividade industrial até o início da safra 2014/15, a partir de abril.

Fabíola Gomes


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail