Cana: Safra / Moagem

Duas usinas da São Martinho já iniciaram a safra 2015/16


NovaCana - 02 abr 2015 - 09:14 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53

Com uma capacidade de moagem de 20 milhões de toneladas de cana-de-açúcar e um dos melhores resultados financeiros do setor sucroalcooleiro, o grupo São Martinho já deu a partida para a safra 2015/16, iniciada oficialmente nesta quarta-feira (01).

A companhia informou que das suas quatro usinas, a primeira a iniciar a moagem na nova temporada foi a Santa Cruz, localizada em Américo Brasiliense (SP), que começou a produção no dia 27 de março.

Ontem, foi a vez da usina Boa Vista, em Quirinópolis (GO), começar os trabalhos. A unidade pertence à Nova Fronteira Bioenergia, joint-venture que reúne a São Martinho e a Petrobras Biocombustível.

Já a gigante unidade de Pradópolis (SP), com instalações para processar 10,5 milhões de toneladas, inicia a operação no próximo dia 6. E a Iracema, menor usina do grupo, com capacidade para 3 milhões de toneladas, começará a moer em 13 de abril.

Na safra 2014/15 a companhia moeu 18,7 milhões de toneladas de cana, 95,3% do volume planejado. No entanto, a quebra de safra, que reduziu a produtividade, também aumentou a concentração de açúcares, o que fez com que a São Martinho conseguisse cumprir 98,4% do guidance para o ATR total. Foram produzidos 2,650 mil toneladas de ATR, ante a perspectiva de 2,693 mil toneladas.

No final de 2014, em uma estimativa preliminar, a companhia projetou para as safra a 2015/16 uma moagem similar aos 19,6 milhões de toneladas que eram esperados para o ciclo passado.

Na época, o diretor financeiro Felipe Vicchiato ressalvou, "se tudo der certo deveremos atingir esse patamar, porém dependerá do período de chuvas, que acontece até março, pois 75% da massa verde da cana cresce entre outubro e março”.

novaCana.com


PUBLICIDADE BASF_NOV_INTERNAS BASF_NOV_INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x