Cana: Safra / Moagem

Centro-Sul puxa explosão da cana no Brasil nos últimos dez anos


novaCana.com - 29 nov 2012 - 07:11 - Última atualização em: 05 dez 2012 - 17:46

A produção brasileira de cana-de-açúcar mais do que dobrou nos últimos dez anos, com aumento de 113,2% entre 2001 e 2011. No ano passado, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foram produzidas no Brasil 734.006.059 toneladas de cana. Os números são significativamente superiores ao do Ministério da Agricultura e da Unica pois, entre outros motivos, o IBGE considera a cana utilizada para qualquer finalidade, não apenas o que é destinado as usinas de etanol e açúcar.

A explosão nessa década foi puxada pela região Centro-Sul, que registrou crescimento de 131,25% na produção e aumentou de 82,35% para 89,32% sua fatia do mercado nacional de cana. No mesmo período, a região Norte-Nordeste cresceu menos, tendo acréscimo de 28,96% na produção.

A maior razão para o crescimento da produção no Brasil foi a apreciação de mercado dos dois principais produtos da cana, o etanol e o açúcar. A última década foi marcada pela introdução dos carros flex no mercado brasileiro (em 2003), e a alta cotação internacional do preço do açúcar. Atualmente, o Brasil é o maior produtor mundial tanto de cana quanto de açúcar, sendo ainda o líder na produção de etanol de cana.

ranking-producao-estados-291112
Clique na imagem para ampliar

Maiores estados produtores
Na listagem dos estados com maior produção de cana no Brasil, as variações dos últimos dez anos ilustram a predominância do Centro-Sul. Em 2001, dois estados da região Norte-Nordeste (Alagoas e Pernambuco) estavam entre os cinco maiores produtores; na lista de 2011, aparecem apenas estados do Centro-Sul.

A grande força ascendente é a região que vem sendo chamada de "Expansão" pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), abrangendo os estados de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e o oeste de São Paulo.

Goiás e Mato Grosso do Sul foram justamente os novos estados a entrarem no top 5 dos maiores produtores nacionais, com impressionantes aumentos de produção de 435,46% e 361,52%, respectivamente. Minas Gerais também registrou grande crescimento, saltando de 4° para o 2° lugar entre os líderes nacionais da cana, com sua produção elevada em mais de quatro vezes.

São Paulo continua sendo o estado líder na produção nacional de cana, tendo registrado nos últimos dez anos ligeira variação positiva em sua predominância, passando de 57,78% para 58,22% da produção brasileira.

A fatia do mercado detida pelos cinco maiores estados produtores de cana não sofreu alterações significativas na última década (de 84,23% para 85,80%), mostrando tendência de estagnação no Norte-Nordeste. De maneira sintomática, os dois principais produtores de cana da região, Alagoas e Pernambuco, registraram índices de crescimento muito abaixo da média nacional (1,97% e 21%, respectivamente).

ranking-producao-regiao-291112

André Simões – novaCana.com


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail