Cana: Safra / Moagem

Alagoas: estiagem provocou queda na moagem de cana em 2012


novaCana - 15 jan 2013 - 10:49 - Última atualização em: 08 fev 2013 - 14:07

O Sindaçúcar-AL divulgou no final de dezembro boletim quinzenal onde é observada uma variação de -11,33% na quantidade de cana beneficiada pelas usinas do Estado em comparação a igual período do ciclo 11/12.  Até o último dia do ano, foram produzidas por 23 unidades industriais do setor 14,7 milhões de toneladas de cana.

Segundo o levantamento feito junto as unidades, foi produzido 1,3 milhão de tonelada de açúcar (VHP, cristal e refinado). A estiagem na região canavieira, não provocou grandes variações na produção de açúcar, mas a produção de etanol seguiu caminho contrário.

As usinas produziram até o dia 31 de dezembro 299.576 milhões de toneladas de etanol (anidro e hidratado). A variação, em comparação a safra anterior, foi de -19,4%.
De acordo com dados do boletim, apenas a usina Laginha, que na safra 11/12 processou 412.289 mil toneladas de cana, ainda não moeu no ciclo atual.

Produção
Apesar de estar localizada em uma região onde os índices pluviométricos foram os menores da região canavieira de Alagoas no ano de 2012, a usina Serra Grande registrou até o dia 31 um aumento de 13,3% da quantidade de cana beneficiada. Segundo o levantamento, foram processadas pela unidade 727.213 mil toneladas de cana.

Por outro lado, a maior redução na quantidade de cana esmagada foi observada na Guaxuma com – 62,5%. Foram beneficiadas até dezembro passado 250.930 mil toneladas de cana.

Os boletins do Sindaçúcar-AL podem ser acessados pelo site da entidade.

Com informações do Sindaçúcar-AL