Cana: Plantio

Canavieiros propõem ações técnicas para reduzir impacto da seca


Agência Brasil - 20 nov 2012 - 15:58 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53

A Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco  (AFCP) quer uma ação emergencial para reduzir os problemas oriundos da estiagem que já é considerada a maior dos últimos 40 anos. Em evento marcado para a tarde desta quarta-feira (21), a entidade apresentará à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) a reivindicação por medidas como investimentos em insumos e mão de obra.

Segundo a AFCP, os agricultores locais perderam 50% do faturamento em função da seca prolongada, que já dura mais de sete meses, e devem amargar uma redução de 35% da safra atual. O setor também convive com a desvalorização de 15% no valor de mercado do preço da matéria prima do açúcar e etanol. "Diante do significativo déficit hídrico, configurando um ambiente de crise aguda e risco de descontinuidade no exercício da atividade canavieira, é indispensável a atuação do poder público", afirmou o presidente da AFCP, Alexandre Andrade Lima.

O evento na casa legislativa foi promovido pelos deputados Aloísio Lessa (PSB) e Guilherme Uchoa (PDT), presidente da Alepe. A associação representa cerca de 12 mil produtores de cana que empregam cerca de 35 mil trabalhadores.

Tags: Seca