Cana: Meio ambiente

Usina de cana-de-açúcar é multada em quase R$ 800 mil por causar queimada em Tupã (SP)


G1 - 24 set 2019 - 06:56
Segundo a Polícia Ambiental, maquinário pegou fogo e chamas se alastraram por 650 hectares

Uma usina de cana-de-açúcar foi multada em quase R$ 800 mil por provocar um incêndio, no domingo (22), que destruiu uma grande área da zona rural de Tupã (SP).

Segundo a Polícia Ambiental, a equipe estava fazendo patrulhamento de rotina quando recebeu a denúncia de que uma grande área estava pegando fogo.

Chegando no local, os policiais constataram que um maquinário que estava fazendo a colheita da cana pegou fogo e as chamas atingiram 650 hectares de terra, uma área que equivale a mais de 800 campos de futebol.

Segundo o comandante da Polícia Ambiental, Eliton Ricardo Sanches, esta foi a maior queimada registrada na região de Marília neste ano.

“Atingiu 650 hectares de vegetação. A maior parte foi de cana-de-açúcar, 630 hectares. Nós tivemos 11 hectares de área nativa incendiada e mais nove hectares de pastagem. Então realmente, no ano de 2019, foi a maior área incendiada na nossa região de Marília”, confirma o comandante.

Diante dos fatos, foram elaborados autos de infração ambiental, no valor de quase R$ 800 mil. “Além da propriedade onde estava sendo colhida a cana, atingiu mais cinco propriedades e, como teve vários tipos de vegetação atingidos, são vários tipos de autuação”, explica o comandante.

A TV TEM, afiliada à Rede Globo, entrou em contato com a usina multada. A companhia informou que tem um plano de contingência de incêndio, que segue todas as diretrizes ambientais e que está à disposição das autoridades.


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail