Cana: Meio ambiente

Incêndio ilegal em canavial de Rio Brilhante (MS) gera multa de mais de R$ 1 milhão


O Progresso (MS) - 14 jun 2021 - 08:15

Durante trabalho de orientação em propriedades rurais, a Polícia Militar Ambiental (PMA) multou em mais de R$ 1 milhão uma empresa de Rio Brilhante (MS), que incendiou uma área sem autorização do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul).

De acordo com a PMA, eles identificaram o incêndio em uma lavoura de cana-de-açúcar, sendo que as chamas haviam consumido grande parte do canavial, que estava pronto para colheita.

A polícia identificou o responsável pela empreiteira, que possui sede na cidade de Lins (SP), e o indagou sobre o incêndio, porém ele não soube dizer como o fogo iniciou e afirmou que não possuía autorização. A empresa é responsável por cultivar cana-de-açúcar, colher e vender para uma usina sucroenergética de Rio Brilhante.

Com as chamas apagadas, a equipe da PMA realizou um levantamento da área incendiada por meio de drones e GPS, observando que o local atingido tem 1.470 hectares. Assim, a empresa foi autuada administrativamente e multada em R$ 1,47 milhão.


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail