Cana: Meio ambiente

Empresa sucroenergética é multada em R$ 660 mil por incêndio em canavial em MS


Campo Grande News (MS) - 14 dez 2020 - 07:41
Fogo atingiu 485 hectares da plantação de cana e 35 hectares do bioma protegido da Mata Atlântica

Em Jateí (MS), uma empresa sucroenergética foi autuada na última sexta-feira, 11, pela Polícia Militar Ambiental (PMA) por incendiar uma lavoura de cana de açúcar. O fogo se iniciou dentro do terreno da empresa, mas atingiu também vegetação nativa da Mata Atlântica, bioma protegido por lei.

Por meio do uso do GPS a PMA fez um levantamento na área incendiada e foi verificado que o fogo atingiu 485 hectares de palha e cana-de-açúcar e 35 hectares da floresta da Mata Atlântica.

A sucroenergética foi multada em R$ 485 mil por incendiar área agropastoril sem autorização do órgão, cerca de mil reais por hectare. Houve, ainda, outra autuação no valor de R$ 175 mil pelos 35 hectares de vegetação da Mata Atlântica danificada, o que equivale a R$ 5 mil por hectare. Os responsáveis poderão responder por crime de incêndio, com pena prevista de dois a quatro anos de detenção.

As queimadas foram suspensas por 180 dias pelo Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) em 24 de julho.

Eduarda Victória


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail