Colheita

Setor de cana-de-açúcar consegue aumento médio da produtividade das lavouras


CNA - 15 set 2015 - 17:28

Nas últimas safras de cana-de-açúcar a adversidade climática foi um dos grandes fatores de restrição na produção. Para a safra 2015/2016 observa-se uma reversão nesta tendência com um aumento médio da produtividade das lavouras. Esta é uma das conclusões geradas á partir dos 15 painéis de Levantamento de Custos de Produção de Cana-de-Açúcar, Açúcar, Etanol e Bioeletricidade do Projeto Campo Futuro da Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Os painéis foram realizados em 15 municípios dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Alagoas. Mais de 150 produtores rurais participaram dos eventos. A iniciativa é uma parceria da CNA com o Programa de Educação Continuada em Economia e Gestão de Empresas (Pecege), ligado à Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (ESALQ/USP).

De acordo com o assessor técnico da Comissão Nacional de Cana-de-açúcar da CNA, Rogério Avellar, a próxima etapa é validar os documentos com análise de todas as informações colhidas nos estados participantes. “Além da coleta presencial de dados, realizamos mais 10 painéis online para atualizar os dados dos levantamentos de informações feitos do ano passado. Dessa forma, estamos sempre bem informados das questões do setor”, ressalta.

Com as informações obtidas, a CNA vai formar uma rede atualizada de dados de custo de produção em várias atividades agropecuárias. São contemplados no Projeto Campo Futuro: bovinoculturas de corte e de leite, arroz, algodão, soja, milho, trigo, silvicultura, piscicultura, avicultura, suinocultura e fruticultura (laranja e cacau). Estas informações obtidas a partir de painéis servirão para orientar o produtor rural na gestão da sua propriedade rural e na tomada de decisões em sua atividade.