PUBLICIDADE
ARMAC
Colheita

Colheita da cana encerra em MT, mas 190 mil toneladas ficam no campo


Agrodebate - 16 jan 2014 - 15:40

A colheita da safra 13/14 de cana em Mato Grosso encerrou sem que aproximadamente 190 mil toneladas fossem retiradas do campo. Até o final de dezembro foram 98,7% da área plantada, indicou nesta terça-feira (14) o Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras do Estado (Sindalcool/MT).

De acordo com a entidade, as chuvas do último semestre prejudicaram o andamento dos trabalhos. "O problema foi a chuva e que, em alguns momentos, deixava o trabalho parado", disse ao Agrodebate o diretor-executivo do Sindicato, Jorge dos Santos. A cana que não foi colhida até o fim do ano passado deverá ser retirada do campo apenas em abril, quando a nova safra da cultura iniciar.

Com a colheita já encerrada, as indústrias também atualizaram seus dados acerca da produção de etanol e açúcar. De acordo com o Sindalcool, foram moídas 16,960 milhões de toneladas de cana, volume próximo das 17,1 milhões de toneladas estimadas anteriormente.

A produção de etanol, que em novembro já havia batido recorde, encerrou o ano em 1.066 bilhão de litros. Deste total, 532 milhões de litros apenas em hidratado (utilizado no abastecimento de veículos).

Já a produção de açúcar na safra totalizou 417 mil toneladas, abaixo das 424 mil toneladas esperadas pelo setor sucroalcooleiro. "A safra encerrou de forma positiva na medida em que permitiu a movimentação das indústrias e com um alto consumo de etanol", avaliou ainda Jorge dos Santos.

Nesta edição foram plantados em Mato Grosso 214,6 mil hectares com a cana-de-açúcar.

Leandro J. Nascimento


PUBLICIDADE FMC_VERIMARK_INTERNO FMC_VERIMARK_INTERNO

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x