Colheita

Demanda por colhedoras de cana faz John Deere investir em expansão de fábrica


Valor Econômico - 10 abr 2014 - 08:26 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53

A multinacional americana John Deere, fabricante de máquinas agrícolas e de construção, anunciou ontem que vai investir cerca de US$ 40 milhões na expansão de sua fábrica em Catalão (GO), para atender o aumento da demanda por colhedoras de cana e pulverizadores. A ampliação, que vai aumentar em 30% a capacidade de produção da fábrica, será concluída no início de 2015.

Com os investimentos, a unidade de Catalão crescerá de 30 mil para 45 mil metros quadrados, o que permitirá a instalação de um sistema de pintura novo, mais moderno e automatizado. Além disso, o almoxarifado será expandido em 75% e o novo parque logístico de caminhões vai aprimorar o fluxo de carga e descarga de materiais. As obras vão gerar cerca de 300 empregos, conforme comunicado da companhia.

"É o quarto investimento de grande porte anunciado pela companhia nos últimos meses, o que demonstra o grande avanço da empresa no Brasil", disse em nota Leo Marobin, gerente da unidade de Catalão. Em 2012, a empresa já havia anunciado aportes de R$ 60 milhões na unidade para o início da produção de pulverizadores.

Conforme a companhia, o investimento em Catalão é um reforço para os recentes lançamentos de colhedoras de cana. As versões 2014 do produto são equipadas com um sistema de controle de corte de base, que minimiza impactos nas soqueiras e permite redução no consumo de combustíveis.

Carine Ferreira


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail