BASF
Açúcar: Mercado

Tereos busca reduzir em 5% produção de açúcar de beterraba na França em 2019


Reuters - 20 set 2018 - 12:15

A Tereos, uma das maiores fabricantes de açúcar do mundo, está buscando reduzir sua produção de açúcar de beterraba na França no próximo ano em 5 por cento, e pediu a membros de sua cooperativa que diminuam o plantio, disse a empresa nesta quinta-feira, citando difíceis condições do mercado.

Uma alta na produção após a União Europeia abolir cotas de produção no ano passado e uma queda de 50 por cento nos preços desde o início de 2017 devido a uma sobreoferta no mercado global deixaram muitas empresas de açúcar da União Europeia lutando com a queda do lucro.

"Nós caminhamos para uma redução de 5 por cento em toneladas", disse um porta-voz da Tereos à Reuters. "Isso é devido às condições do mercado, aos preços baixos, estoques altos e à esperada oferta robusta".

Membros da Tereos colheram cerca de 19 milhões de toneladas de açúcar de beterraba neste ano e plantaram 215 mil hectares, abaixo das mais de 20 milhões de toneladas em 2017, segundo o porta-voz.

A área em 2018 permaneceu estável, mas a produtividade foi impactada por um forte calor no verão.

A Tereos enviou uma carta a seus membros nesta quinta-feira pedindo cortes no plantio em 2019, disse o porta-voz.

A beterraba para produção de açúcar é plantada na primavera, mas os agricultores estão atualmente equilibrando as safras antes da colheita de 2019 com culturas de inverno como o trigo, que é semeado no outono.

Sybille de La Hamaide